Professores já poderão se inscrever para o primeiro curso da Série Elementos

 

São Paulo, 27 de abril de 2010 – A Intel participa da Feira Interdidática, 2010 – Exposição Internacional de Sistemas e Soluções em Tecnologia Educacional. Durante a Exposição, os professores poderão se inscrever, em primeira mão, no estande da Intel, para participar do primeiro curso da Série Curso Elementos, desenvolvido pela Intel e que auxilia o professor no planejamento de aulas com a utilização de novas tecnologias.

 

Neste primeiro curso, chamado Aprendizagem Baseada em Projetos, os professores seguirão a conversa entre dois educadores, um experiente no trabalho com projetos e outro iniciando no assunto, e serão convidados não só a discutir sobre como trabalhar com esta metodologia, mas também a montarem seu próprio plano de ação, para aplicação imediata em sala de aula ao final do curso. O curso terá duas versões: auto-instrutiva ou moderada. Os participantes da Interdidática 2010 poderão optar por realizar a versão auto-instrutiva online ou inscrever-se nos cursos moderados, onde um tutor acompanha as discussões e o professor realiza tarefas em conjunto com outros professores, discutindo em fóruns na web os seus planos de ação de maneira colaborativa.

 

O Gerente de Educação da Intel, Prof. MsC. Rubem Paulo Torri Saldanha, também ministrará a palestra "A necessidade do Currículo Flexível nos Projetos de um Computador por Aluno." Mestre em Educação e Currículo na PUC-SP, o Prof. Rubem refletirá sobre as possibilidades e desafios de se ter um computador por aluno na sala de aula, com ênfase nas necessidades curriculares dos professores para que os computadores não fiquem relegados a meros livros eletrônicos, mas tornem-se um elemento importante do processo de aprendizado.

 

Serviço

Interdidática 2010

De 28 a 30 de abril de 2010, das 9 às 18 horas

Palestra Intel: 29/04 – 10h45 às 11h45

Palácio das Convenções Anhembi – Av.

Olavo Fontoura, 1,209 – Parque Anhembi – Santana – São Paulo – SP

 

Sobre a campanha Intel Apaixonados pelo Futuro™

 

No Brasil, a campanha Intel Apaixonados pelo Futuro ™ reflete a visão da Intel de que tão importante quanto desenvolver a tecnologia em si é preparar o mercado e a sociedade para receber e aproveitar essa tecnologia. Por isso, a Intel está profundamente comprometida com todos os mercados onde opera. Desde sua chegada ao Brasil, há 22 anos, a Intel tem ajudado a preparar o país para o futuro – por meio de seu compromisso de levar ao mercado a liderança tecnológica e a inovação, e da contribuição contínua para a adoção da tecnologia, da melhoria na competitividade do mercado e da indústria local e da realização de fortes investimentos para o desenvolvimento do potencial humano por meio dos programas educacionais.

 

Sobre a Intel

 

A Intel (NASDAQ: INTC), líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/portugues/pressroom/index.htm e blogs.intel.com/brasildigital/.

 

Acompanhe a Intel no Twitter*: www.twitter.com/intelbrasil

 

Intel, e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

 

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

Intel levará 18 projetos brasileiros, em um total de 26 alunos, para concorrer a até USD três milhões em prêmios durante a Intel International Science and Engineering Fair (Intel ISEF) 2010

 

feira brasileiras de ciênciasSão Paulo, 26 de abril de 2010 – Um total de 26 estudantes brasileiros representará o país com 18 projetos na maior competição cientifica pré-universitária do mundo, a Intel International Science and Engineering Fair (Intel ISEF), realizada pela Intel em parceria com a sociedade para a cîencia www.societyforscience.org/isef Informações em Inglês.

 

Os projetos que foram selecionados em duas importantes feiras brasileiras de ciências, a FEBRACE – Feira Brasileira de Ciências e Engenharia e a Mostratec – Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia – esbanjam novidades, que vão desde a busca de antibióticos na ooteca da aranha (seda) à construção de um canal com garrafas PET acoplado a um concentrador solar com alternativa para desinfecção microbiológica em estação de tratamento de água.

 

Os participantes brasileiros, alunos dos ensinos fundamental e médio de todo o país, competirão com mais de 1.500 estudantes de 56 países, regiões e territórios que compartilharão ideias, demonstrarão invenções e pesquisas inovadoras e concorrerão a mais de USD três milhões em prêmios, como bolsas de estudos, cursos, e produtos tecnológicos.

 

Para Rubem Saldanha, gerente de Educação da Intel, a participação desses estudantes em uma feira de educação como a Intel ISEF é uma oportunidade única de aprendizado e troca de experiências. "O caminho que esses estudantes percorrem para chegar até a etapa final já é muito válido, independente da premiação. Para um jovem cientista, é inestimável o valor de poder estar em contato com pesquisadores da NASA e com tantos outros jovens pesquisadores como ele".

 

A Intel ISEF, que esse ano será na cidade de San José, Califórnia, de 09 a 14 de maio, reflete o posicionamento corporativo da Intel Apaixonados pelo Futuro™, que tem como objetivo demonstrar o DNA da empresa, seus valores e atributos, ao desenvolver hoje a tecnologia que ajudará a transformar a vida das pessoas amanhã. Em 2009, a Intel Foundation premiou três projetos brasileiros nas categorias específicas em que concorriam.

 

Projetos selecionados na FEBRACE

Norte e Nordeste

 

  • Projeto – Perfis alimentares – trabalhando com Educação Alimentar

Recife – PE

Estudante: Heitor Geraldo da Cruz Santos

Orientadores:

Fernando Sérgio Zucoloto (orientador)

Emília Aureliano de Alencar Monteiro (coorinetadora)

 

  • Projeto – Análise de extratos vegetais com potencial inseto-larvicida: caracterização química de biocontroladores utilizados em vetores de transmissão.

Maracanau – CE

Estudante: João Batista de Castro David Junior

Orientadores:

Maria das Graças França Sales (orientadora)

Rinaldo dos Santos Araújo (coorientador)

 

  • Projeto – A utilização do sistema fotocatalítico ZnO/U.V. na análise e controle de patógenos microbianos presentes em ambientes internos contaminados.

Imperatriz – MA

Estudantes:

Gabriel Nascimento da Silva Santos

Paulo Ricardo Maciel Nascimento

Orientadores:

 

Sul e Sudeste

 

  • Projeto – Performances de agentes curtentes ecológicos no curtimento de peles de peixes Tilápias.

Franca – SP

Estudante: Priscila Oliveira Andre

Orientadores:

Eliane Aparecida Basali Rocha (orientadora)

 

  • Projeto – FAC – Fotobioreator para Absorção de Carbono.

São Paulo – SP

Estudante: Victor Marelli Thut

Orientadores:

Luciana Bastos Ferreira (orientadora)

Sandra Maria Rudella Tonidandel (coorientadora)

 

  • Projeto – Sulfonação de poliestireno – aplicação na retenção de íons de metais pesados.

São Paulo – SP

Estudantes:

Paolo Damas Pulcini

Amanda de La Rocque

Carlos Henrique Leite da Silva

Orientador:

Roberto Sanches (orientador)

 

  • Projeto – Análise de absorção/adsorção de metais pesados em ambientes aquáticos com a utilização de Pistia stratiotes.

LONDRINA – PR

Estudante: Natália Giuzio

Orientadores:

Murilo Bernardi Rodrigues (orientador)

Fábio Luiz Ferreira Bruschi (coorientador)

 

  • Projeto – Construção de um canal com garrafas PET acoplado ao concentrador solar: sistema de fluxo contínuo de água solarizada com alternativa ara desinfecção microbiológica em estação de tratamento de água.

Belo Horizonte – MG

Estudante: Karoline Elis Lopes Martins

Orientadores:

Guilherme Fernandes Marques (orientador)

Andréa Rodrigues Marques Guimarães (coorientador)

 

  • Projeto – Análise da impregnação de nanopartículas de dióxido de zircônio e de prata em um curativo visando a ativação da circulação sanguínea e efeito antimicrobiano.

Novo Hamburgo – RS

Estudantes:

Gabriela Schaab da Silva

Kawoana Trautman Vianna

Orientadores:

Silvia Stanisçuaski Guterres (orientadora)

 

Projetos selecionados na Mostratec

Nordeste

 

  • Projeto – A-cor-dá para o meio ambiente – práticas pedagógicas em educação ambiental através de uma abordagem interdisciplinar.

Maracanaú – Ceará

Estudantes:

Mayara Zayra Franco Araújo

Aline Ribeiro Pinho

Marina Maciel Marques

Orientador: Ana Kedyna Ribeiro de Souza

 

Sul e Sudeste

 

  • Projeto – Revo Foot – Pé Revolucionário – construção de uma prótese de pé mecânico com materiais alternativos e baixo custo para pessoas que sofreram amputação de membros inferiores e que não tem condições de pagar pelo produto importado.

Novo Hamburgo – RS

Estudantes:

Eduardo Trierweiler Boff

Lucas Strasburg Ferreira

Orientadores:

Ramon Fernando Hans (orientador)

Pedro Rafael Naud de Moura (coorientador)

 

  • Projeto – Modelagem matemática na análise de sistemas da criação de frango de corte.

Rio do Sul – SC

Estudantes:

Sergio Luiz Back

Edson Granemann dos Passos

Orientadores:

Morgana Scheller (orientadora)

Karla Paola Piccolli (coorientadora)

 

  • Projeto – Biorremediação – utilização do fungo Aspergillus Niger no tratamento de efluentes 2.

Novo Hamburgo – RS

Estudante: William Lopes

Orientador:

Markus Wilimzig (orientador)

Carla Kereski Ruschel (coorientador)

 

  • Projeto – Extrato de Matricaria Chamomilla – uma alternativa no combate a acne.

Novo Hamburgo – RS

Estudante: Cássio Felipe Stumm

Orientador:

Carla Kereski Ruschel (orientador)

Élen Klein (coorientador)

 

  • Projeto – Influência do adubo na germinação da arueira vermelha.

Gravataí – RS

Estudante: Daiane Fraga Dias

Orientador: Raquel Ilha Simões

 

  • Projeto – Conexão estudantil – jornal de conexão do ensino médio com a escola e os acontecimentos pertinentes e significativos para os alunos.

Bagé – RS

Estudante: Andressa Cardoso Rodrigues

Orientador: Milene Rodrigues de Quadros

 

  • Projeto – Em busca da Ciência perdida II – teve como objetivo testar o ensino de matemática através da etnomatemática, área de pesquisa que busca encontrar perdas epistêmicas de matemática nas diferentes culturas e em diferentes épocas.

São Paulo – SP

Estudante: Tamara Gedankien

Orientador: Rogério Giorgion

 

  • Projeto – Tecendo saúde – a tecitura de substâncias antimicrobianas a partir da ooteca da aranha Phoneutria Nigriventer: trabalho procura investigar novas fontes de antibióticos.

São Paulo – SP

Estudante: Leonardo de Oliveira Bodo

Orientador:

Pedro Ismael da Silva Junior (orientador)

Sandra Maria Rudella Tonidandel (coorientador)

 

Como líder mundial em tecnologia, a Intel está comprometida não apenas com a criação de tecnologias inovadoras, mas também em ajudar as pessoas de todo o mundo a usá-las eficientemente para melhorarem suas vidas. A Iniciativa Intel® para Educação é um compromisso para encorajar a preparação de todos os estudantes, de todos os lugares, com as habilidades necessárias para fomentar a economia baseada no conhecimento.

 

Sobre a Intel

 

A Intel (NASDAQ: INTC), líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/portugues/pressroom/index.htm e blogs.intel.com/brasildigital/.

 

Acompanhe a Intel no Twitter*: www.twitter.com/intelbrasil.

 

Intel, o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

 

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

Concurso para empreendedores terá monitoria de venture capitalists para auxiliar startups nacionais

 

São Paulo, 22 de Abril de 2010 – A Intel Brasil e a Fundação Getúlio Vargas anunciam o lançamento do Desafio Brasil 2010, uma competição onde empreendedores e pequenos empresários aprendem sobre os obstáculos e oportunidades na busca por investidores e aporte de capitais. Os vencedores do Desafio Brasil representarão o país na etapa America Latina do Desafio Intel, etapa classificatória para o Desafio Intel® + UC Berkeley Tecnologia e Empreendedorismo (IBTEC), que acontece na Califórnia, no final do ano, concorrendo a prêmios em dinheiro e assessoria de empreendedores e investidores do Vale do Silício.

 

A etapa nacional da competição é dividida em 03 fases, onde os inscritos apresentam e defendem seus projetos para venture capitalists, professores e profissionais da indústria. Os projetos são avaliados de acordo com uma série de fatores, tais como escalabilidade, habilidade de apresentação e vendas, grau de inovação e aplicação de tecnologia e atratividade para investimentos, entre outros. Pelo menos dois projetos brasileiros serão escalados para representar o Brasil na etapa América Latina da competição, que acontece entre setembro e outubro.

 

"Os pontos mais relevantes da competição são promover o empreendedorismo, colocar empreendedores inovadores do Brasil em contato com experts da área de investimento em novas empresas do Vale do Silício e também de outros empreendedores de outros países da America Latina", explica Nuno Simões, Diretor de Assuntos Corporativos para a América Latina da Intel. "Os participantes do Desafio Brasil poderão se beneficiar com a experiência de apresentarem projetos para investidores, dos treinamentos oferecidos durante a competição e também do contato direto com fundos de venture capital. Acreditamos que este tipo de iniciativa é vital para formar os empreendedores do futuro".

 

O Desafio Brasil – que acontece desde 2006 – foi ampliado este ano e terá etapas regionais em seis praças – São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador e Florianópolis. A expectativa dos organizadores é de que mais de 200 projetos sejam inscritos na competição.

 

"Apesar do atrativo da premiação em dinheiro, o que os empreendedores mais valorizam são os outros prêmios que são dados, como as consultorias que professores e empreendedores da Universidade de Berkeley dão aos ganhadores, mas também aos participantes que chegam à final da competição", explicou Márcio de Oliveira Santos Filho, Coordenador do Desafio Brasil 2010.

 

Em 2009, os dois projetos premiados foram na área de desenvolvimento de microprocessadores e de e-commerce. A SiliconReef de Recife-PE, campeã do Desafio Brasil 2009, desenvolveu um microchip capaz de aumentar a eficiência na captação e armazenamento de energia disponível no ambiente (térmica, solar, mecânica, etc.) de forma compacta. Já o projeto Ninui, de Niterói-RJ, que ficou em segundo lugar, é uma plataforma de negócios especializada em mercados de nicho, envolvendo empreendedorismo, comércio eletrônico e inclusão digital. Dos seis projetos semi finalistas da competição de 2009, todos foram procurados por fundos de Venture Capital e dois receberam aportes de capital.

 

Sobre a campanha Intel Apaixonados pelo Futuro™

 

No Brasil, a campanha Intel Apaixonados pelo Futuro™ reflete a visão da Intel de que tão importante quanto desenvolver a tecnologia em si é preparar o mercado e a sociedade para receber e aproveitar essa tecnologia. Por isso, a Intel está profundamente comprometida com todos os mercados onde opera. Desde sua chegada ao Brasil, há 22 anos, a Intel tem ajudado a preparar o país para o futuro – por meio de seu compromisso de levar ao mercado a liderança tecnológica, a inovação, e da contribuição contínua para a adoção da tecnologia, da melhoria na competitividade do mercado e da indústria local e da realização de fortes investimentos para o desenvolvimento do potencial humano por meio dos programas educacionais.

 

Sobre a Intel

 

A Intel [NASDAQ: INTC], líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/portugues/pressroom/index.htm e blogs.intel.com/brasildigital/.

 

Acompanhe a Intel no Twitter*: www.twitter.com/intelbrasil

 

Intel, o logo da Intel e Intel Atom são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

 

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

São Paulo, 20 de abril de 2010 – A Intel Brasil anuncia que, após seis anos de diligentes trabalhos realizados, Oscar Clarke deixa a presidência da companhia e parte em busca de novos desafios profissionais e pessoais.

 

Na Intel desde 2004, Oscar Clarke dirigiu as operações de vendas e marketing da Intel no país em um período onde o mercado brasileiro apresentou franca expansão. A Intel agradece a Oscar por todo o seu empenho e profissionalismo nestes anos todos, e deseja-lhe sucesso em suas próximas empreitadas.

 

Oscar Clarke deixa a presidência da Intel Brasil no próximo dia 30 de Abril. Jesús Maximoff, Diretor Geral da Intel Corporation para América Latina, assume interinamente o cargo.

 

Sobre a Intel

 

A Intel (NASDAQ: INTC), líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/portugues/pressroom/index.htm e blogs.intel.com/brasildigital/.

 

Siga a Intel no Twitter*: www.twitter.com/intelbrasil

 

Intel, e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

 

* Outros nomes e marcas são propriedade de donos.

Por Marcelo Leal Fernandes1

 

O ano de 2009 não foi dos mais fáceis, e muitas empresas resolveram adiar uma (já atrasada) renovação de seus equipamentos de TI. Outras, com um pensamento mais estratégico, mantiveram seus planos e ganharam competitividade em um momento crítico, saindo fortalecidas do cenário de crise e prontas para aproveitar as novas oportunidades apresentadas pela retomada da economia. Os líderes do mercado já entenderam que o investimento em tecnologia, quando bem aplicados, gera retornos espantosos em um curto período de tempo.

 

Pare para pensar: o quanto a tecnologia é importante para o seu negócio? Quanto as suas operações são facilitadas quando você transporta para o ambiente digital tarefas que anteriormente precisariam ser executadas pelas mãos de seus funcionários? Quanto tempo, dinheiro e papel você economiza usando a tecnologia a seu favor?

 

E indiretamente: quantas das suas operações financeiras são executadas por computadores? Por quantos sistemas computadorizados seus produtos passam antes de chegarem às mãos de seus clientes? Quantos de seus parceiros de negócios dependem diretamente da tecnologia para atenderem a sua demanda? Podemos realmente subestimar o poder da TI em transformar os negócios?

 

Tecnologia. Inovação. Revolução. Na cabeça que pensa a TI de forma estratégica, essas palavras estão virando sinônimos. Isto porque a TI evolui a passos largos e rápidos, e em diversas direções ao mesmo tempo. Acompanhar esta evolução é um desafio longe de ser dos mais simples, motivo pelo qual diversas empresas, das grandes até as pequenas, em um breve momento de desatenção perdem a competitividade e preciosas posições de mercado.

 

Tradicionalmente, pensava-se a TI apenas através do viés do desempenho – quanto mais conseguimos produzir adotando as novas tecnologias? Entretanto, os benefícios que as novas tecnologias trazem para as empresas hoje em dia são muito mais complexos e difíceis de quantificar. As mudanças são muitas vezes sutis, mas o impacto nos negócios não pode ser menosprezado.

 

Medir e comparar este impacto com o investimento feito nas soluções também não é tarefa das mais fáceis, pois são muitos os pontos a serem considerados. Novas tecnologias trazem mais desempenho nas tarefas do dia-a-dia, mas elas também nos auxiliam ao abrir as portas para novas formas de trabalho, tais como a virtualização de máquinas e as aplicações em cloud computing.

 

Outro fator altamente importante é o consumo de energia. Um computador com três anos de uso pode gastar até 90 por cento mais energia do que um PC atual com o mesmo nível de desempenho. Multiplique este valor pelo tamanho do parque de máquinas da empresa, e os benefícios econômicos e sociais tornam-se significativos. Gerenciamento remoto também é está evoluindo bastante e apresentando resultados sólidos na diminuição do downtime das máquinas e na aplicação de atualizações e instalação de novos aplicativos.

 

Estes são apenas alguns exemplos. A verdade é que existe uma verdadeira Revolução Silenciosa acontecendo dentro dos departamentos de TI das empresas. As mudanças são discretas e sutis, mas seus efeitos e resultados têm o poder de transformar o dia-a-dia, a eficácia dos nossos negócios e até mesmo a maneira de nos relacionarmos. É uma revolução baseada em inteligência, em todos os sentidos: em saber identificar todos os pontos onde a tecnologia pode ajudar os seus negócios, e investir com inteligência e paixão pelo futuro.

 

Sobre a Intel
A Intel [NASDAQ: INTC], líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/portugues/pressroom/index.htm e blogs.intel.com/brasildigital/.

 

Siga a Intel no Twitter*: www.twitter.com/intelbrasil

 

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

 

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

 

1 Marcelo Leal Fernandes é Gerente de Marketing Corporativo da Intel Brasil.

Rattner, CTO da Intel, apresenta desafios na pesquisa para o consumo de energia em lares, carros e redes

 

Notícias em Destaque

 

 

  • A Intel revelou o próximo system-on-chip (SoC) "Tunnel Creek" para telefones IP, impressoras e sistemas de informação e entretenimento para veículos.
  • A fabricante de carros chinesa HawTai pretende utilizar o processador Intel® Atom™ e o software MeeGo* nas futuras plataformas veiculares de informação e entretenimento.
  • A Intel trabalha em parceria com a China Mobile; outras empresas de telecomunicações estão adotando os processadores da Intel® para redes de próxima geração.
  • A Intel Labs exibiu novos sensores e painéis elétricos inteligentes capazes de ler e apresentar, em tempo real, como casas e empresas consomem energia.

 

 

Intel Developer Forum, Pequim, 15 de abril de 2010 – Dois executivos da Intel apresentaram os últimos produtos system-on-chip (SoC) para aplicações embarcadas e descreveram uma nova pesquisa para permitir que lares e pequenas empresas usem e gerenciem melhor o consumo de energia.O próximo produto Intel SoC utiliza um núcleo de processamento Intel® Atom™ que, pela primeira vez, permitirá que outras empresas criem dispositivos compatíveis com o padrão PCI Express* para conexão direta com o chip, o que oferece uma nova flexibilidade para aplicações embarcadas.

 

A Intel também destacou o trabalho com a HawTai, a principal fabricante chinesa de carros que planeja usar os processadores Intel Atom e o software MeeGo* em seus sistemas de informação e entretenimento veiculares. Além disso, a China Mobile, a maior empresa de telecomunicações sem-fio do mundo, adotará os chips da Intel® nas plataformas específicas que equipam suas redes sem-fio.

 

"A Intel está comprometida em focar suas tecnologias para aplicações inovadoras na China", declarou Doug Davis, vice-presidente corporativo e gerente geral do grupo de comunicações e embarcados da Intel. "Estamos cooperando com empresas locais da China para fornecer as melhores e mais inteligentes soluções computacionais para carros, casas e empresas, pronunciando a infra-estrutura necessária para uma experiência de Internet com maior rapidez e mobilidade".

 

Davis revelou detalhes sobre o futuro produto da Intel® de codinome "Tunnel Creek" durante seu discurso. Esse SoC para aplicações embarcadas, como sistemas de informação e entretenimento veicular e telefones IP, disponibilizará uma interface padrão com o processador. O SoC altamente integrado combina núcleo de processamento Intel Atom, controlador de memória, unidades gráfica e de vídeo em um único chip.

 

Este produto também permitirá que empresas conectem seus chips personalizados ao chip da Intel, desde que sejam compatíveis com o padrão PCI Express. A flexibilidade dessa solução integrada em um único chip ajuda a reduzir os custos da lista de materiais, ainda economizando espaço em placa para aplicações embarcadas.

 

Vitórias da China em carros e telecomunicações
Davis também deu as boas-vindas no palco a um executivo da maior fabricante chinesa de carros, a Rongcheng HawTai Automobile. A HawTai anunciou que o novo sedan de luxo B11* incorporará o processador Intel Atom em seu sistema de informação e entretenimento veicular juntamente a plataforma de software de código aberto MeeGo.

 

"Com uma solução de informação e entretenimento baseada no processador Intel Atom, aproveitamos as mais novas tecnologias de Internet assim como as já estabelecidas, reutilizando softwares existentes desenvolvidos na plataforma MeeGo, baseada em Linux", declarou o Sr. Wang Dian Ming, vice-chairman da HawTai Automotive. "Isso nos economiza custos no desenvolvimento de aplicações e permite que novos serviços sejam lançados rapidamente e com grande confiabilidade".

 

À medida que mais computadores e dispositivos similares a PCs se conectam a Internet, as empresas de telecomunicações estão procurando acomodar a crescente demanda por conectividade de maneira mais eficiente e com melhor custo-benefício. Davis delineou a visão da Intel de aplicar o modelo computacional e de nuvem da indústria de TI à indústria de telecomunicações para consolidar as demandas de rede em uma arquitetura única. Ele disse que os líderes mundias da indústria de telecomunicações estão endossando a arquitetura da Intel® em suas plataformas de infra-estrutura de próxima geração, incluindo Alcatel-Lucent, Ericsson, Hauwei e ZTE.

 

No palco, o Dr. Cui Chunfeng, gerente dos laboratórios de pesquisa de comunicações sem-fio do Instituto de Pesquisa Móvel da China, discutiu como a maior empresa de aplicações sem-fio do mundo trabalhará em parceria com a Intel no desenvolvimento da sua infra-estrutura de rede sem-fio de próxima geração para ajudar a levar a China Mobile para um modelo de ‘computação em nuvem’.

 

"A China Mobile vem pesquisando uma nova arquitetura de Acesso a Rede via Rádio, que pretende fornecer à nossa rede sem fio de banda larga grandes benefícios através de melhor eficiência no consumo de energia, redução do custo total de propriedade e alto desempenho, ao mesmo tempo em que mantém a flexibilidade para alocar recursos de infra-estrutura para condições distintas de carga da rede", declarou o Dr. Cui. "Para transformar essa visão em realidade queremos utilizar a arquitetura Intel em nossa próxima geração de infra-estrutura, aproveitando os benefícios de flexibilidade, escalabilidade e rápido ritmo de inovação que uma arquitetura definida por software permite".

 

Gestão pessoal de energia
Seguindo Davis no palco, o Chefe do Departamento de Tecnologia da Intel e diretor-gerente da Intel Labs, Justin Rattner, discutiu como uma tecnologia mais inteligente em casa e no trabalho pode reduzir e melhorar a gestão do consumo de energia. Rattner disse que o objetivo da empresa é aplicar a tecnologia Intel de modo que permita que os consumidores e pequenas empresas possam fazer melhores escolhas com relação ao consumo de energia.

 

"A participação dos consumidores é fundamental", declarou Rattner. "Os consumidores precisam ter acesso às informações, ferramentas e incentivos para economizar os escassos recursos energéticos, minimizar seus impactos de carbono e manter sob controle seus orçamentos para o consumo de energia. Se pudermos personalizar o consumo de energia com informações em tempo real e oferecermos ferramentas visuais que engajem comunidades inteiras, isso resultará em mudanças valiosas no comportamento e economizará quantidades imensas de energia".

 

Os pesquisadores da Intel inventaram um novo dispositivo sem fio para fornecer dados sobre energia de maneira fácil e barata para os consumidores. O sensor experimental de baixo custo precisa apenas ser plugado na fiação da casa para aferir instantaneamente e demonstrar o consumo de energia de cada equipamento elétrico da casa através de uma conexão sem-fio. A tecnologia poderia ser facilmente adotada pelos consumidores para analisar o uso da energia dos dispositivos e eletrodomésticos por toda a casa.

 

Rattner também demonstrou um protótipo em funcionamento de um monitor de energia doméstico com a tecnologia Intel que quando usado em conjunto com um sensor sem-fio de consumo, monitora o desempenho, recomenda soluções para usos mais eficientes, estabelece objetivos e recompensa o sucesso. O par de dispositivos forma o coração do sistema de gestão pessoal de energia que poderia ajudar cada lar dos EUA a economizar até USD 470 por ano em contas de luz. Considerando que os EUA possuem 113 milhões de lares, a economia potencial é de mais de USD 50 bilhões por ano. Se apenas um por cento dos lares dos EUA conseguissem materializar essa economia, isso poderia reduzir a demanda anual por carvão em 371,000 toneladas e reduzir as emissões de carbono em 2,4 milhões de toneladas, ou o equivalente a retirar 535,000 carros das ruas. O CTO da Intel continuou a descrever como melhorar a gestão pessoal de energia dos carros elétricos. Ele disse que à medida que o volume de carros elétricos aumentar, uma sobrecarga ocorrerá na malha elétrica durante a noite, quando a maioria estiver carregando. A Intel Labs está pesquisando como coordenar melhor os horários de carregamento para diminuir os picos de carga, o que reduziria a necessidade de atualizar as instalações de distribuição locais de energia e economizaria uma quantidade significativa de dinheiro.

 

Veja vídeos, fotos e mais em www.intel.com/pressroom/IDF Información en inglés.

 

Sobre a Intel
A Intel [NASDAQ: INTC], líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/portugues/pressroom/index.htm e http://blogs.intel.com/brasildigital/.

 

Siga a Intel no Twitter*: www.twitter.com/intelbrasil

 

Intel, Intel Atom e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

 

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

  • Receita de USD 10,3 bilhões
  • Margem Bruta de 63 por cento
  • Lucro Operacional de USD 3,4 bilhões
  • Lucro Líquido de USD 2,4 bilhões
  • EPS de 43 centavos de dólar

 

 

Santa Clara, Califórnia, 13 de abril de 2010 – A Intel Corporation divulgou ontem a receita do primeiro trimestre no valor de USD 10,3 bilhões. A empresa divulgou lucro operacional de USD 3,4 bilhões, lucro líquido de USD 2,4 bilhões e EPS de 43 centavos de dólar.

 

"Os investimentos que estamos fazendo em tecnologias inovadoras estão resultando na linha de produtos mais atraente da nossa história", declarou Paul Otellini, Presidente e CEO da Intel. "Esses produtos líderes, combinados com a crescente demanda mundial e a continuação da extraordinária execução resultou no melhor primeiro trimestre da história da Intel. Para o futuro, estamos otimistas com nossos negócios já que os produtos da Intel estão sendo projetados para uma variedade de novos e empolgantes segmentos".

 

Para ler a receita completa, clique aqui.

 

Sobre a Intel
A Intel (NASDAQ: INTC), líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/portugues/pressroom/index.htm e blogs.intel.com/brasildigital/.

 

Acompanhe a Intel no Twitter*: www.twitter.com/intelbrasil

 

Intel, o logo da Intel, Intel Xeon, Intel Core e Intel Atom são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

 

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

Arquitetura da Intel® fornece desempenho e características ideais para todos os dispositivos de todos os segmentos da computação

 

Intel Developer Forum, Pequim, 13 de abril de 2010 – Na sua conferência para desenvolvedores no dia de hoje, a Intel Corporation demonstrou como a empresa está fornecendo uma base sobre a qual será possível criar soluções de hardware, software e ecossistema para fazer com que as experiências e dispositivos computacionais sejam mais fáceis de usar e funcionem perfeitamente entre si. O Intel Developer Forum (IDF) começou hoje com o discurso de David (Dadi) Perlmutter, vice-presidente executivo e co-gerente Geral do Grupo de Arquitetura da Intel (IAG, na sigla em inglês), que compartilhou a visão da Intel para permitir que os usuários de tecnologia coloquem em prática a experiência da computação conectada comum.

 

"Com mais um bilhão de usuários conectados até 2015 e com mais tipos diferentes de dispositivos, será importante fornecer uma experiência comum entre eles", declarou Perlmutter. "A arquitetura Intel® oferece a combinação ideal de desempenho e consumo, o que fornece uma base para todos os dispositivos computacionais, criando um espaço virtual contínuo para a computação a fim de habilitar essa experiência comum entre os usuários".

 

Para a computação mais sofisticada, Perlmutter ressaltou que a Intel concluiu a transição para a premiada microarquitetura Intel para o design de chips, codinome "Nehalem", com o recente lançamento do processador Intel® Xeon® série 7500. Em menos de 90 dias, a Intel lançou uma linha completa dos processadores 2010 para PCs, notebooks e servidores que melhora a eficiência no consumo de energia e aumenta a velocidade de processamento, além de incluir inúmeras novas características que tornam os computadores mais inteligentes, flexíveis e cofiáveis.

 

Perlmutter também discutiu as atualizações da próxima geração dos processadores Intel® Core™ usando a microarquitetura Intel, codinome "Sandy Bridge", que deverá entrar em produção no final de 2010. A "Sandy Bridge" utiliza a segunda geração do processo tecnológico Hi-K de 32 nanômetros (nm) da Intel. Esses processadores serão os primeiros com suporte para as instruções Intel® Advanced Vector Extension (Intel® AVX)Información en inglés. A Intel AVX acelera a tendência rumo à computação que utiliza intensamente pontos flutuantes em aplicativos de propósito geral, como processamento de imagens, vídeo e áudio, bem como em aplicativos para engenharia, incluindo modelagem e análises em 3D, simulações científicas e análises financeiras. A "Sandy Bridge" também dará continuidade ao suporte para a Intel® AES New Instructions (Intel® AES-NI), sete instruções de software que aceleram a criptografia e a descriptografia de dados. A "Sandy Bridge" também contará com a sexta geração do núcleo gráfico da Intel e incluirá aceleração para softwares que utilizam intensamente pontos flutuantes, vídeos e processamento que são normalmente encontrados em aplicativos para mídia.

 

Perlmutter também abordou como a Intel está fomentando um novo tipo de experiência televisiva chamada "Smart TV", onde a Internet será integrada às transmissões de TV com conteúdo personalizado e capacidade para pesquisas. No centro dessa inovação está o system-on-chip (SoC) para eletrônicos de consumo (CE) da Intel, o processador Intel® Atom™ CE4100, que oferece ótimo desempenho da CPU, decodificação de classe mundial para áudio e vídeo em alta definição (HD) e gráficos avançados. O objetivo é levar o conteúdo pessoal, websites preferidos e redes sociais para a TV de uma nova maneira. O processador Intel Atom CE 4100 foi projetado para dispositivos CE como Blu-ray players, decodificadores e TVs digitais, que podem oferecer a mesma experiência "Smart TV".

 

O processador Intel® Atom™ utiliza um versátil design de baixo consumo que oferece um amplo potencial e abre inúmeras novas oportunidades de mercado, desde PDAs e netbooks a dispositivos eletrônicos de consumo e aplicativos embarcados. O núcleo de processamento Intel Atom possui características de consumo ultra-baixo, baixo custo e tamanho reduzido, que podem ser incluídas nos SoCs para diversos segmentos, de acordo com os tipos de uso e requisitos I/O.

 

À medida que a Internet móvel continua sua evolução e chega a mais dispositivos, Perlmutter citou a oportunidade da indústria para uma nova geração de PDAs, incluindo tablets e smartphones. Ele detalhou como a Lei de Moore, juntamente com uma combinação de arquitetura, design e técnicas de manufatura, ajudará a fazer com que a arquitetura Intel reduza drasticamente o de consumo. Ao mesmo tempo a arquitetura Intel mantém o alto desempenho para acompanhar a evolução da Internet, dos aplicativos de mídia e da capacidade multitarefa em dispositivos portáteis.

 

Perlmutter comentou sobre a próxima plataforma "Moorestown" da Intel, que está no caminho certo para ser lançada no primeiro semestre desse ano. Ele declarou que a Intel melhorou a sua arquitetura de plataforma e implementou inúmeras tecnologias inovadoras, como a próxima geração da gestão de consumo no SO e a "distributed power gating", para conseguir uma melhoria no desempenho e grandes reduções no consumo nos estados ativo e inativo. Para reforçar seu ponto de vista, ele demonstrou uma redução no consumo inativo da plataforma de até 50 vezes e uma redução de 10 vezes no consumo para a reprodução de áudio, em comparação à primeira geração da plataforma "Menlow" da Intel.

 

Além disso, Perlmutter revelou que a Intel está trabalhando com fabricantes de PC, como Tongfang e Hanvon, para lançar o novo design do classmate PC conversível que combina beleza com resistência, funcionalidade total com capacidades melhoradas para leitura eletrônica e melhor desempenho com eficiência no consumo de energia. O design flexível do novo classmate PC conversível funciona e se move da mesma maneira que os estudantes. A tela sensível ao toque do tablet também adiciona nova funcionalidade para os estudantes. O desenvolvimento dessas novas características foi baseado em uma ampla pesquisa etnográfica com estudantes e professores.

 

James: Melhorando o futuro com a Intel
No segundo discurso do dia, Renee James, vice-presidente sênior e gerente geral do Grupo de Software e Serviços da Intel, destacou a visão da Intel para uma ótima experiência entre dispositivos para telefones, carros e a casa, fornecendo aos consumidores uma maior consistência e acessibilidade a suas informações. James enfatizou como um ambiente operacional unificado rodando em uma arquitetura computacional comum pode dar aos desenvolvedores um maior alcance e um acesso mais fácil para os usuários finais, em qualquer segmento de mercado.

 

James também abordou como a computação em nuvem é o meio de conectividade entre as plataformas computacionais, convidando o Dr. Jiren Liu, chairman e CEO da Neusoft Corporate ao palco. O Dr. Liu demonstrou como os sistemas fabricados em torno da arquitetura de referência Intel® Cloud Builder podem possibilitar novas soluções, ligando dispositivos client front-end para diagnósticos remotos back-end no ambiente hospitalar para oferecer um serviço nunca antes possível.

 

"A tecnologia mudou a maneira como interagimos com o nosso mundo e a Intel é a responsável por isso, desde a computação em nuvem ao menor dispositivo, oferecendo uma experiência computacional totalmente envolvente para os consumidores onde quer que eles estejam", declarou James. "Junto com os desenvolvedores, nossos parceiros e uma combinação de hardware e software altamente integrados, a Intel acredita que podemos levar os melhores produtos possíveis ao mercado com a mais ampla distribuição".

 

Dando continuidade ao recente anúncio da fusão dos projetos de código aberto Moblin* e Maemo* de Intel e Nokia na plataforma de software baseado no Linux MeeGo*, James demonstrou a experiência dos usuários no MeeGo por meio de um smartphone Aava Mobile baseado na Intel. Além disso, James destacou o amplo apoio Información en inglés da indústria para o MeeGo. O MeeGo é hospedado pela Linux Foundation como um projeto totalmente de código aberto e está disponível para fabricantes de equipamentos originais, fabricantes de sistemas operacionais, operadores de rede e outros, visando uma ampla gama de dispositivos, incluindo a próxima geração de smartphones, netbooks, tablets, mediaphones, TVs conectadas e sistemas de infotretenimento para veículos.

 

Além disso, James anunciou que ISVs e desenvolvedores na China já podem se aproveitar do Programa para Desenvolvedores Intel Atom e enviar seus produtos para distribuição por meio da Intel AppUpSM Center beta. James também destacou a recente expansão da Intel AppUp Center beta para o MeeGo e o Microsoft Windows* nos Estados Unidos, Canadá e 27 países europeus. Esse crescimento dá aos desenvolvedores de aplicativos da China que fazem parte do Programa para Desenvolvedores Intel Atom a oportunidade de alcançar os consumidores nos cinco principais mercados para os dispositivos baseados no processador Intel Atom em todo o mundo, bem como transações de vendas em USD, Euros (€) e Libras (GBP).

 

Sobre a Intel
A Intel [NASDAQ: INTC], líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/portugues/pressroom/index.htm e blogs.intel.com/brasildigital/.

 

Siga a Intel no Twitter*: www.twitter.com/intelbrasil

 

Intel, Intel Atom, Intel Core, Intel Xeon e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

 

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

A Intel preparou uma lista com sugestões de computadores para presentear no Dia das Mães

 

São Paulo, 09 de abril de 2010 – Para algumas pessoas, o computador se tornou indispensável nos dias atuais, para outras, um objeto de desejo. As mulheres não são diferentes quando o assunto é presente e valorizam um desktop ou um notebook em sua lista de aquisições.

 

Cada vez mais antenada e utilizando a tecnologia a seu favor, a mãe moderna vê no computador um equipamento aliado no seu dia a dia, seja para olhar a melhor rota na internet para levar sua filha à festa da amiga, seja para controlar os gastos da casa em uma planilha enquanto baixa suas músicas preferidas em MP3 ou para buscar receitas e dicas de beleza, afinal ela precisa cuidar da casa e se cuidar.

 

Por isso, a Intel preparou uma lista com sugestões de computadores para presentear no Dia das Mães. São modelos equipados com os novos processadores Intel® Core™, os Intel® Core™ i3, Intel® Core™ i5 e Intel® Core™ i7, para notebooks e desktops, que oferecem integração sem precedentes e desempenho inteligente, incluindo a Intel® Turbo Boost Technology, que se adapta automaticamente às necessidades de desempenho do usuário.

 

Os processadores Intel Core i5, por exemplo, são cerca de duas vezes mais rápidos do que os PCs similares existentes e oferecem uma experiência visivelmente mais rápida para o download de vídeos, fotos e músicas.

 

Os novos processadores Intel Core são fabricados com o processo de 32nm da Intel® que permite processadores com diversas faixas de preços e integração de gráficos de alta definição dentro do processador.

 

Modelos equipados com Intel Core i3 – Por ser o primeiro nível da nova família de processadores da Intel®, o novo processador Intel® Core™ i3 2010 é o ponto de entrada perfeito para uma experiência rápida e ágil com PCs.

 

Lenovo-G460-067724P

Filter News Archive

By date:
By tag: