Pesquisa: Canal de TI aposta no mercado das pequenas empresas para crescimento de negócios

Pesquisa revela comportamento e expectativa do canal de distribuição de TI para os próximos anos

São Paulo, 29 de setembro de 2010 - Pesquisa inédita realizada entre empresários de canal de todo o Brasil apresentou o otimismo e as apostas da área para o atual mercado brasileiro. Encomendada pela Intel Brasil e realizada pela Marco Marketing Consultants, a pesquisa ouviu 521 empresários do canal dos principais centros de tecnologia de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte.

Questionados sobre o aumento da receita geral de seus negócios, 86% dos empresários estão otimistas, apostando no aumento das vendas e da lucratividade de suas empresas. Entre estes empresários, 79% acreditam que o aumento de suas receitas virá do mercado de pequenas empresas e 63% deles estão apostando nas empresas de médio porte. Como terceira opção, 30% dos entrevistados escolheram os pequenos escritórios como segmento promissor.

“Acreditamos que os próximos anos serão bem prósperos para os negócios de nossos parceiros de canal no Brasil. O país está num momento de crescimento grandioso e com um otimismo acentuado em relação à infraestrutura, o que representa excelente oportunidade para o canal atender aos clientes empresariais, que buscam a tecnologia como diferencial competitivo,” afirma Vanessa Martins, Gerente de Marketing para Canais da Intel Brasil.

Expectativa na venda de produtos

Para o canal, a venda de hardware será a grande responsável pelo crescimento da lucratividade: 77% dos entrevistados acreditam que o desktop será líder de vendas para os próximos anos, e em segundo lugar com 73%, aparecem os notebooks e netbooks. Em terceira posição, as expectativas estão voltadas para o fornecimento de serviços técnicos.

Multinacionais e fabricantes locais

De acordo com a pesquisa, grande parte do canal ainda espera atender seus clientes através de produtos das grandes multinacionais – no mercado de notebooks, a preferência pelos produtos importados chega a 67% dos entrevistados. Entretanto, o mercado também acredita no enorme potencial de crescimento dos integradores locais – 66% dos entrevistados acreditam que as vendas de desktops se dará com máquinas de OEMs locais, e 38% acreditam que os integradores brasileiros serão os principais responsáveis pelo aumento da lucratividade no canal.

“Para os próximos anos, o mercado acredita no forte crescimento dos fabricantes e da integração local, que estão adquirindo competitividade através da consolidação de parcerias e investimento em qualidade. O canal está de olho na indústria local,” aposta Vanessa Martins.

Servidores

O mercado de servidores – tradicionalmente dominado pelas grandes multinacionais – também apresenta tendência para a diversificação, em especial pela adoção de servidores de entrada pelos pequenos e médios empresários e profissionais liberais. “A demanda dos negócios de pequeno porte é voltada para o canal. Com o atual cenário econômico favorável e os pequenos empresários conscientizando-se do diferencial competitivo trazido pela tecnologia, o crescimento da demanda por servidores será uma oportunidade valiosa para os canais que apostarem no segmento,” explica Vanessa. Atualmente, 38% dos entrevistados espera que o crescimento na venda de servidores se dê com máquinas de fabricantes locais.

Duas empresas cariocas são vencedoras do Desafio Brasil

As empresas cariocas Fumajet e Pligus estão entre as quatro vencedoras do Desafio Brasil 2010. Além das premiações, elas irão disputar a etapa América Latina do Desafio Intel® + UC Berkeley Tecnologia e Empreendedorismo (IBTEC)

São Paulo, 23 de setembro de 2010 – Dois projetos de empresas startups cariocas estão entre as quatro vencedoras do Desafio Brasil 2010. As empresas Fumajet e Pligus competirão no Desafio Intel América Latina e ganharam premiação em dinheiro e assessoria.

Coordenado pela Intel e Fundação Getúlio Vargas com o apoio da Microsoft, Derraik Advogados, Sebrae e Helice Consulting, o Desafio Brasil é realizado desde 2006 e trata-se de uma competição entre startups e empreendedores com projetos inovadores de base tecnológica.

Mais de 162 equipes se inscreveram na primeira fase do Desafio que oferece mais de R$60.000 em prêmios, horas de assessoria jurídica, consultoria em desenvolvimento de plano de negócios e desenvolvimento de softwares. A competição busca desenvolver nestas empresas o empreendedorismo estratégico necessário para a busca por aporte de capitais no mercado por meio do aprendizado com profissionais da indústria de private equity e venture capital no Brasil (investidores, empreendedores e acadêmicos).

O primeiro lugar da competição foi conquistado pelos cariocas da empresa Fumajet com o projeto “Motofog Fumacê” - ferramenta que opera no combate à dengue e na aplicação de inseticidas agrícolas. O sistema foi desenvolvido para ser instalado em uma motocicleta, possibilitando o controle e prevenção de vetores em áreas de difícil acesso onde carros fumacê não têm penetração. Na agricultura, o Motofog apresenta grandes vantagens na aplicação de inseticidas, com a possibilidade de transitar entre plantações com passagens estreitas.

A premiação do primeiro colocado inclui R$ 5 mil em dinheiro, R$ 30 mil em assessoria jurídica por um ano oferecida pelo Derraik Advogados, software oferecido pela Microsoft, R$ 30 mil em consultoria de planejamento estratégico e marketing para startups inovadoras da Helice Consultoria, carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga para competir ao Desafio Intel América Latina.

A outra empresa carioca vencedora foi a Pligus com a conquista do quarto lugar na competição. O projeto apresentado é um serviço de comunicação e colaboração online em tempo real que roda em qualquer navegador. Nele, todos podem editar colaborativamente imagens, desenhos, textos e mapas – e ainda compartilhar a tela. Tudo isso enquanto os usuários se comunicam via webcams, microfones e mensagens instantâneas. A premiação da quarta colocada inclui uma carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga para competir no Desafio Intel América Latina.

“Os pontos mais relevantes da competição são promover o empreendedorismo, colocar empreendedores inovadores do Brasil em contato com experts da área de investimento em novas empresas do Vale do Silício e também de outros empreendedores de outros países da America Latina” explica Nuno Simões, diretor de Assuntos Corporativos para a América Latina da Intel. “Os participantes do Desafio Brasil se beneficiam com a experiência de apresentarem projetos para investidores, dos treinamentos oferecidos durante a competição e também do contato direto com fundos de venture capital. Acreditamos que este tipo de iniciativa é vital para formar os empreendedores do futuro”.

“A Microsoft apoia a indústria nacional de software e a produção de inovação tecnológica de ponta por meio de programas de apoio a startups, além de realizar investimentos em pesquisa e fomentar a criação nacional de projetos. O Desafio Brasil reforça essa estratégia da companhia ao reconhecer o empreendedorismo brasileiro e contribuir para o desenvolvimento do mercado de pequenas e médias empresas no País”, afirmou Silvia Valadares, gerente de Desenvolvimento da Economia Local de Software.

Para a próxima fase, que reunirá 15 equipes da América Latina, a empresa poderá rever mais uma vez o seu plano de negócio, desta vez passando por um mentoring de consultores e empreendedores latinoamericanos e do Vale do Silício. A final latino americana será no dia 21 de outubro de 2010. Para saber mais sobre a competição, é só acessar o www.desafiointel.com.

Empresa de São Carlos é uma das vencedoras do Desafio Brasil

A empresa VPI – Vorsprung Projetos Industriais, de São Carlos, está entre as quatro vencedoras do Desafio Brasil 2010. Além das premiações, ela irá disputar a etapa América Latina do Desafio Intel® + UC Berkeley Tecnologia e Empreendedorismo (IBTEC)

 

São Paulo, 23 de setembro de 2010 – A empresa VPI – Vorsprung Projetos Industriais, de São Carlos, foi uma das vencedoras do Desafio Brasil 2010, e com isso é uma das finalistas do Desafio Intel América Latina, que levará seis empresas para competir com seus projetos de empreendedorismo nos Estados Unidos. A VPI foi a segunda colocada no concurso que reuniu 162 empresas startups de diversos estados brasileiros.

As equipes classificadas entre 1ª e 4ª colocadas no Desafio Brasil concorrerão com startups latinoamericanas na etapa regional e as seis melhores classificadas participarão do Desafio Intel® + UC Berkeley Tecnologia e Empreendedorismo (IBTEC) com empreendedores do todo o mundo.

Coordenado pela Intel e Fundação Getúlio Vargas com o apoio da Microsoft, Derraik Advogados, Sebrae e Helice Consulting, o Desafio Brasil é realizado desde 2006 e trata-se de uma competição entre startups e empreendedores com projetos inovadores de base tecnológica.

Mais de 162 equipes se inscreveram na primeira fase do Desafio que oferece mais de R$60.000 em prêmios, horas de assessoria jurídica, consultoria em desenvolvimento de plano de negócios e desenvolvimento de softwares. A competição busca desenvolver nestas empresas o empreendedorismo estratégico necessário para a busca por aporte de capitais no mercado por meio do aprendizado com profissionais da indústria de private equity e venture capital no Brasil (investidores, empreendedores e acadêmicos).

O segundo lugar da competição foi conquistado pela empresa VPI – Vorsprung, que apresentou projeto que utiliza a tecnologia de caracterização da água coletada pelo sistema pluvial e realiza um estudo para adequar e destinar o volume armazenado para o uso específico de cada cliente, customizando para atender as particularidades de cada caso. A premiação do segundo colocado inclui R$ 2,5 mil em dinheiro, R$ 30 mil em assessoria jurídica por um ano oferecida pelo Derraik Advogados, software oferecido pela Microsoft, carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina.

“Os pontos mais relevantes da competição são promover o empreendedorismo, colocar empreendedores inovadores do Brasil em contato com experts da área de investimento em novas empresas do Vale do Silício e também de outros empreendedores de outros países da America Latina” explica Nuno Simões, diretor de Assuntos Corporativos para a América Latina da Intel. “Os participantes do Desafio Brasil se beneficiam com a experiência de apresentarem projetos para investidores, dos treinamentos oferecidos durante a competição e também do contato direto com fundos de venture capital. Acreditamos que este tipo de iniciativa é vital para formar os empreendedores do futuro”.

“A Microsoft apóia a indústria nacional de software e a produção de inovação tecnológica de ponta por meio de programas de apoio a startups, além de realizar investimentos em pesquisa e fomentar a criação nacional de projetos. O Desafio Brasil reforça essa estratégia da companhia ao reconhecer o empreendedorismo brasileiro e contribuir para o desenvolvimento do mercado de pequenas e médias empresas no País”, afirmou Silvia Valadares, gerente de Desenvolvimento da Economia Local de Software.

Para a próxima fase, que reunirá 15 equipes da América Latina, a empresa poderá rever mais uma vez o seu plano de negócio, desta vez passando por um mentoring de consultores e empreendedores latinoamericanos e do Vale do Silício. A final latino americana será no dia 21 de outubro de 2010. Para saber mais sobre a competição, é só acessar o www.desafiointel.com.

Empresa de Florianópolis é uma das vencedoras do Desafio Brasil

A empresa Taw Itech, de Florianópolis, está entre as quatro vencedoras do Desafio Brasil 2010. Além das premiações, ela irá disputar a etapa América Latina do Desafio Intel® + UC Berkeley Tecnologia e Empreendedorismo (IBTEC)

São Paulo, 21 de setembro de 2010 – A empresa Taw Itech, de Florianópolis, foi uma das vencedoras do Desafio Brasil 2010. A empresa foi a terceira colocada no concurso que reuniu 162 empresas startups de diversos estados brasileiros, com final realizada no último dia 17 de setembro na Fundação Getúlio Vargas em São Paulo.

Com a terceira colocação, a Taw Itech, ganhou sofwtare oferecido pela Microsoft, carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina, juntamente com as outras equipes classificadas entre 1ª e 4ª colocadas. Elas concorrerão com startups latinoamericanas na etapa regional e as seis melhores classificadas participarão do Desafio Intel® + UC Berkeley Tecnologia e Empreendedorismo (IBTEC) com empreendedores de todo o mundo. A equipe competiu com um projeto de lousas digitais com diferencial de agregar tecnologia a esta solução proveniente de um software para interface e hardware em caneta.

                Coordenado pela Intel e Fundação Getúlio Vargas com o apoio da Microsoft, Derraik Advogados, Sebrae e Helice Consulting, o Desafio Brasil é realizado desde 2006 e trata-se de uma competição entre startups e empreendedores com projetos inovadores de base tecnológica.

                Mais de 162 equipes se inscreveram na primeira fase do Desafio que oferece mais de R$60.000 em prêmios, horas de assessoria jurídica, consultoria em desenvolvimento de plano de negócios e desenvolvimento de softwares. A competição busca desenvolver nestas empresas o empreendedorismo estratégico necessário para a busca por aporte de capitais no mercado por meio do aprendizado com profissionais da indústria de private equity e venture capital no Brasil (investidores, empreendedores e acadêmicos).

                “Os pontos mais relevantes da competição são promover o empreendedorismo, colocar empreendedores inovadores do Brasil em contato com experts da área de investimento em novas empresas do Vale do Silício e também de outros empreendedores de outros países da America Latina” explica Nuno Simões, diretor de Assuntos Corporativos para a América Latina da Intel. “Os participantes do Desafio Brasil se beneficiam com a experiência de apresentarem projetos para investidores, dos treinamentos oferecidos durante a competição e também do contato direto com fundos de venture capital. Acreditamos que este tipo de iniciativa é vital para formar os empreendedores do futuro”.

“A Microsoft apóia a indústria nacional de software e a produção de inovação tecnológica de ponta por meio de programas de apoio a startups, além de realizar investimentos em pesquisa e fomentar a criação nacional de projetos. O Desafio Brasil reforça essa estratégia da companhia ao reconhecer o empreendedorismo brasileiro e contribuir para o desenvolvimento do mercado de pequenas e médias empresas no País”, afirmou Silvia Valadares, gerente de Desenvolvimento da Economia Local de Software.

                Para a próxima fase, que reunirá 15 equipes da América Latina, a empresa poderá rever mais uma vez o seu plano de negócio, desta vez passando por um mentoring de consultores e empreendedores latinoamericanos e do Vale do Silício. A final latino americana será no dia 21 de outubro de 2010. Para saber mais sobre a competição, é só acessar a página www.desafiointel.com.

Desafio Brasil apresenta os quatro projetos vencedores

Das 162 startups que concorreram, os quatro projetos vencedores do Desafio Brasil, além de receber as premiações, irão disputar a etapa América Latina do Desafio Intel® + UC Berkeley Tecnologia e Empreendedorismo (IBTEC)

São Paulo, 21 de setembro de 2010 – Quatro projetos de startups brasileiras saíram vencedores da final Desafio Brasil 2010 realizada entre os dias 16 e 17 de setembro na Fundação Getúlio Vargas. Após quatro meses de avaliações, mentorings e competições regionais em oito diferentes capitais, os quatro projetos foram selecionados entre as 24 iniciativas apresentadas nas finais da competição.

As equipes classificadas entre 1ª e 4ª colocadas no Desafio Brasil concorrerão com startups latinoamericanas no Desafio Intel América Latina, etapa que classificará seis empresas que levarão os seus projetos para o Desafio Intel® + UC Berkeley Tecnologia e Empreendedorismo (IBTEC) com todas as despesas pagas para a competição mundial nos EUA.

Coordenado pela Intel e Fundação Getúlio Vargas com o apoio da Microsoft, Derraik Advogados, Sebrae e Helice Consulting, o Desafio Brasil é realizado desde 2006 e trata-se de uma competição entre startups e empreendedores com projetos inovadores de base tecnológica.

Mais de 162 equipes se inscreveram na primeira fase do Desafio que oferece mais de R$60.000 em prêmios, horas de assessoria jurídica, consultoria em desenvolvimento de plano de negócios e desenvolvimento de softwares. A competição busca desenvolver nestas empresas o empreendedorismo estratégico necessário para a busca por aporte de capitais no mercado por meio do aprendizado com profissionais da indústria de private equity e venture capital no Brasil (investidores, empreendedores e acadêmicos).

“Os pontos mais relevantes da competição são promover o empreendedorismo, colocar empreendedores inovadores do Brasil em contato com experts da área de investimento em novas empresas do Vale do Silício e também de outros empreendedores de outros países da America Latina” explica Nuno Simões, diretor de Assuntos Corporativos para a América Latina da Intel. “Os participantes do Desafio Brasil se beneficiam com a experiência de apresentarem projetos para investidores, dos treinamentos oferecidos durante a competição e também do contato direto com fundos de venture capital. Acreditamos que este tipo de iniciativa é vital para formar os empreendedores do futuro”.

Entre os projetos que disputaram a competição, foi possível verificar a presença de iniciativas em desenvolvimento de softwares inteligentes que visam à otimização de processos e o aproveitamento de ferramentas da internet como as mídias sociais para o uso mercadológico. A tecnologia 3D e estações WiMax, Wi-Fi Mesh e LTE também estavam inseridas nas iniciativas das empresas concorrentes, da mesma forma que foram apresentados alguns projetos de biotecnologia como sistemas automatizados que extinguem os vetores da dengue e podem ser utilizados para a disseminação de inseticidas agrícolas.

“A Microsoft apóia a indústria nacional de software e a produção de inovação tecnológica de ponta por meio de programas de apoio a startups, além de realizar investimentos em pesquisa e fomentar a criação nacional de projetos. O Desafio Brasil reforça essa estratégia da companhia ao reconhecer o empreendedorismo brasileiro e contribuir para o desenvolvimento do mercado de pequenas e médias empresas no País”, afirmou Silvia Valadares, gerente de Desenvolvimento da Economia Local de Software.

Os projetos vencedores

1º lugar: Motofog (RJ): O motofog é uma ferramenta que opera no combate à dengue e na aplicação de inseticidas agrícolas. O sistema foi desenvolvido para ser instalado em uma motocicleta, possibilitando o controle e prevenção de vetores em áreas de difícil acesso onde carros fumacê não tem penetração. Na agricultura, o Motofog apresenta grandes vantagens na aplicação de inseticidas, com a possibilidade de transitar entre plantações com passagens estreitas.

Empresa startup: Fumajet Comércio de Equipamentos Ltda.

Premiação do primeiro colocado: R$ 5 mil em dinheiro, R$ 30 mil em assessoria jurídica por um ano oferecida pelo Derraik Advogados, software oferecido pela Microsoft, R$ 30 mil em consultoria de planejamento estratégico e marketing para startups inovadoras da Helice Consultoria, carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina.

2º lugar: VPl (SP): O projeto apresentado oferece um serviço em que é utilizada a tecnologia de caracterização da água coletada pelo sistema pluvial e feito um estudo para adequar e destinar o volume armazenado para o uso específico de cada cliente, customizando para atender as particularidades de cada caso.

Empresa startup: VPI – Vorsprung Projetos Industriais.

Premiação do segundo colocado: R$ 2,5 mil em dinheiro, R$ 30 mil em assessoria jurídica por um ano oferecida pelo Derraik Advogados, software oferecido pela Microsoft, carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina.

 

3º lugar: Taw Itech (SC): A equipe apresentou tecnologias para interação e tem como carro-chefe o desenvolvimento de lousas digitais com diferencial de agregar tecnologia a esta solução proveniente de um software para interface e hardware em caneta.

Empresa startup: Taw Itech

Premiação do terceiro colocado: Software oferecido pela Microsoft e carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina.

 

4º lugar: Pligus (RJ): O Pligus é um serviço de comunicação e colaboração online em tempo real que roda em qualquer navegador. Nele, todos podem editar colaborativamente imagens, desenhos, textos e mapas – e ainda compartilhar a tela. Tudo isso enquanto os usuários se comunicam via webcams, microfones e mensagens instantâneas.

Empresa startup: Pligus

Premiação da quarta colocada: Carta de recomendação do GVcepe aos principais fundos de Venture Capital e Private Equity e vaga no Desafio Intel América Latina.

A primavera chegou e com ela...

O mercado de computadores também entra no clima da estação com cores vibrantes e estampas coloridas

São Paulo – 21 de setembro de 2010 – As coleções primavera-verão já estão em todas as lojas de todos os segmentos e para acompanhar esta tendência, o mercado de computação pessoal traz um leque de opções que realçam o clima vibrante de sol e calor.

 

O antigo computador preto, grande e impessoal ficou para trás com a evolução do conceito do computador como um maquinário de execução para um acessório pessoal que traz informações particulares, rede de contatos, fotos e o design que mais representa a personalidade do consumidor.

A nova geração de notebooks e netbooks apresenta design revolucionário, além de cores e estampas similares a looks de vestuário, comprovando a nova tendência de transformar o computador em mais um item que reflete as preferências e o estilo do usuário, assim como as roupas e os acessórios de moda.

 

“O usuário brasileiro busca além de ótima performance e qualidade do produto, um computador que se adapte ao seu modo de vestir e aos principais locais que frequenta na tentativa de transportar traços  de sua personalidade ao acessório com o qual mais passa tempo – o computador,” ressalta Denise Pereira, gerente de Consumo da Intel.

 

Em pesquisa realizada pela Intel, verificou-se que para as empresas fabricantes de computadores, design e multifuncionalidade são itens cada vez mais importantes para a criação de novos de computadores.

 

Assim como os estilistas buscam cada vez mais tecidos tecnológicos para suas criações, os novos processadores desenvolvidos pela Intel permitem que as fabricantes de PCs possam pensar em notebooks cada vez mais finos, leves e modernos sem comprometer o desempenho. “Nenhum usuário quer perder tempo e o ideal é escolher o processador que desempenhe todos os aplicativos desejados ao mesmo tempo e sem frustração”, dá a dica Denise Pereira.

 

Segundo os consumidores entrevistados durante a pesquisa, a tecnologia também evoca modernidade, inovação e propicia benefícios como praticidade, agilidade na comunicação, economia de tempo, conforto, conhecimento e até mesmo felicidade.

 

01.JPG

02.JPG

03.JPG

04.JPG

Intel integra novas funções ao Carro do Futuro

Tecnologias de Reconhecimento Facial e Identificação de Contexto percebem momentos de distração do motorista e respondem de acordo

São Paulo, 20 de Setembro de 2010 – A Intel apresentou semana passada, durante o Intel Developer Forum em São Francisco, Califórnia, uma nova funcionalidade que integrará os carros inteligentes do futuro. Por meio do novo sistema de reconhecimento facial e identificação de contextos, a Intel pretende continuar integrando funcionalidades inteligentes sem prejudicar as condições de segurança dos passageiros.

         A integração de processadores mais poderosos e inteligentes nos veículos automotivos levou a um rápido aumento no número de recursos disponíveis ao motorista – hoje em dia, é possível fazer uma ligação telefônica, manipular sistemas de navegação, controlar sistemas multimídia e diversas outras atividades, durante o ato de dirigir. Esta nova tendência também leva a um problema de segurança, já que o motorista passa mais tempo olhando para o painel e apertando botões, com as mãos e os olhos ocupados e distantes da tarefa primária de guiar o veículo. A resposta da Intel para o problema envolve tecnologias inovadoras de reconhecimento facial e identificação de contexto. O reconhecimento facial torna possível não somente identificar o motorista, mas também seu grau de atenção, e se ele está olhando para a estrada, para o painel ou para os lados. Já a identificação de contexto é capaz de analisar o ambiente ao redor do carro e reconhecer objetos e pessoas que se aproximam do veículo, medindo a velocidade, orientação e trajetória.

 

IDF_2010_ConnectedCardemo_low.JPG

Vu Nguyen, pesquisador da Intel, demonstra como o sistema de reconhecimento facial identifica quando o motorista não está com os olhos na estrada e responde de acordo com a situação.

         Durante o IDF 2010, a Intel realizou duas demonstrações sobre como estas novas tecnologias podem alterar a experiência de direção. Na primeira demonstração, o sistema foi capaz de reconhecer o motorista assim que este se aproxima do veículo, e automaticamente destrancar as portas e ajustar a posição de bancos, espelhos e volante de acordo com preferências pré-estabelecidas para aquele motorista.

         Na segunda demonstração, a Intel focou a segurança ao volante e mostrou como o sistema é capaz de reconhecer objetos que se aproximam do veículo, que emite alertas visuais e sonoros para o motorista. A agressividade dos avisos é proporcional ao grau de desatenção percebido pelo veículo, com sinais moderados quando os olhos do motorista estão voltados para frente e alertas mais agressivos quando os olhos estão voltados para os lados.

No último mês de Junho, durante o Research@Intel Day 2010, a Intel já havia demonstrado um novo conceito de carro inteligente, que incluía controle e diagnóstico remoto do carro a partir de um netbook ou celular, sistema antifurto inteligente e recursos focados na segurança dos passageiros, como sistema de co-piloto e “caixa preta”. Assim como os recursos apresentados anteriormente, os sistemas de reconhecimento facial e identificação de contexto se baseiam no uso de processadores embarcados Intel Atom de alta potência e baixo consumo elétrico.

Tecnologia Intel permite games 3D de alta resolução em pequenos dispositivos portáteis

Com recursos de computação em nuvem, servidores de alto desempenho e Ray Tracing em tempo real, os games de última geração estarão também nos dispositivos portáteis

São Paulo, 20 de Setembro de 2010 – Uma nova e inusitada combinação de tecnologias de última geração permitiram que pesquisadores da Intel criassem novos e ultrarrealistas efeitos visuais em games que rodavam em dispositivos portáteis de baixo consumo durante o Intel Developer Fórum em São Francisco, Califórnia. A Intel demonstrou que os dispositivos portáteis do futuro serão capazes de executar games de altíssima resolução, que nada devem aos mais modernos consoles de videogame.

Na demonstração realizada, pesquisadores da Intel demonstraram o demo game “Wolfenstein: Ray Traced” em um laptop simples e de baixo consumo. Ao invés de ser renderizado de forma comum, objetos no jogo foram criados com uma técnica chamada “Real-time Ray Tracing”. O Ray Tracing é uma tecnologia que se baseia no comportamento natural dos raios de luz para criar sombras e reflexos mais realistas em jogos e animações 3D, resultando em níveis de realismo ainda não alcançados nos jogos modernos. O Ray Tracing produz imagens muito mais realistas do que as técnicas tradicionais, mas também exige um alto poder de processamento.

A Intel resolveu o problema de processamento ao utilizar computação em nuvem para realizar todo o trabalho de renderização em um conjunto de quatro servidores remotos equipados com os processadores “Knights Ferry”, nova geração de processadores Intel para servidores de alto desempenho. O resultado da renderização era então transmitido pela Internet direto para o laptop, criando uma experiência fluida e com enorme riqueza de detalhes.

wolf_chandelier_low.JPG

Três milhões de triângulos e iluminação via Ray Tracing: o mais complexo objeto já presente em um jogo possui mais detalhes do que todos os outros objetos que compõem a fase somados

Um dos destaques da demonstração era um candelabro de cristal, criado a partir de três milhões de triângulos e iluminado através de Ray Tracing. Apenas este pequeno item, perdido em uma das salas do cenário, continha mais triângulos e necessitava de mais poder de processamento do que todos os outros elementos da fase somados – e seria impossível de serem incorporados a um game a partir da tecnologia convencional.

Nova geração de processadores trará novos recursos gráficos

Durante o IDF 2010, a Intel também revelou novas informações sobre a sua nova linha de processadores “Sandy Bridge”, que chegam ao mercado em 2011. Estes novos processadores integram totalmente o processador gráfico dentro do processador geral, o que irá aumentar a capacidade dos futuros desktops e notebooks para games, além de possibilitarem máquinas menores, mais leves e mais econômicas.

Assita um vídeo sobre o Wolfenstein 3D (em inglês): http://blogs.intel.com/research/2010/09/wolfenstein_gets_ray_traced_-.php

Intel Labs foca na computação sensível ao contexto para mudar radicalmente a forma como interagimos com a tecnologia

São Francisco, 16 de setembro de 2010 – O último dia do Intel Developer Forum em São Francisco focou nas futuras inovações e visões ambiciosas sobre o caminho da tecnologia nas próximas décadas. Durante seu discurso, Justin Rattner, chefe do departamento de tecnologia e Senior Fellow da Intel Corporation, descreveu como a computação sensível ao contexto está destinada a mudar radicalmente a forma como interagimos e nos relacionamos com os dispositivos e serviços de informação.

A computação “sensível ao contexto” é totalmente diferente dos simples aplicativos baseados em sensores que vemos atualmente. Por meio de uma sofisticada combinação de dados do sensor rígido, como onde você está e as condições a sua volta, com as dos sensores flexíveis, como seu calendário, suas redes sociais e histórico de preferências, os dispositivos do futuro conseguirão prever as suas necessidades, aconselhá-los e guiá-los durante todo o dia de uma maneira mais parecida com um assistente pessoal do que um computador tradicional.

Assistente Pessoal de Férias: O Assistente Pessoal de Férias é um protótipo de dispositivo móvel para a Internet que usa inúmeras fontes de contexto, como as suas preferências pessoais de viagens, atividades anteriores, localização atual e informações do calendário para fornecer recomendações em tempo real para os viajantes. Essa demonstração de protótipo é fruto da parceria com a Fodor, por meio da qual a Intel forneceu o Assistente Pessoal de Férias para mais de 25 turistas visitando a cidade de New York. O APF também pode criar, a pedido do usuário, um blog da viagem com as fotos marcadas e os vídeos visitados durante o roteiro.

Sentindo o equilíbrio humano: Mais de um terço dos adultos com mais de 65 anos cai todos os anos nos Estados Unidos. As quedas também são a causa mais comum de acidentes não-fatais e consultas nos hospitais por trauma. Por meio da Pesquisa Tecnológica do Centro de Vida Independente, a Intel está pesquisando como sensores wireless presos às pernas de uma pessoa podem ajudar a prever a probabilidade de uma queda séria. Essa previsão é baseada nos dados enviados pelos sensores de movimento que analisam a maneira como as pessoas movem seus pés, a força do impacto no calcanhar e a maneira como os músculos se movem. Isso poderia ajudar pessoas com idade avançada no dia a dia, ajudando a prever uma queda antes que ela aconteça ou ligando para a ajuda caso ela aconteça.

Televisão Inteligente remota: Os pesquisadores da Intel desenvolveram um protótipo de controle remoto capaz de perceber quem o está segurando com base na maneira como é segurado, movido e os botões são apertados. O controle remoto poderia diferenciar os membros de uma família e adaptar os programas de TV, recomendações e listas de preferências paras as necessidades de cada pessoa, tornando a experiência com a TV Inteligente ainda mais pessoal e intuitiva.

Captando os pensamentos humanos: A Intel está colaborando com a Carnegie Mellon University em uma tecnologia para o aprendizado de máquinas que busca decodificar os dados provenientes do cérebro humano. Com base nessa promissora pesquisa, os computadores poderiam um dia ter a habilidade de decodificar o que estamos pensando, permitindo que os usuários controlem computadores, robôs e outros dispositivos apenas com o pensamento.

Melhorando a experiência do usuário com contexto: Projetar experiências atraentes requer o profundo conhecimento e entendimento dos comportamentos e preferências dos consumidores. A chave para fazer o contexto funcionar é focar o design nas pessoas. Genevieve Bell, Intel Fellow e diretora de Pesquisa em Interação e Experiência da Intel Labs, compartilhou sua visão de que amplas pesquisas e estudos precisam ser feitos antes de oferecer uma experiência baseada em contexto, para garantir que ela seja bem recebida pelos usuários.

Acontecimento relacionado: Novo laboratório de pesquisa em interações e experiências da Intel: Em junho a Intel inaugurou o novo Lab de P&D chamado IXR (Interactions and Experiences Research ou Pesquisa em Interações e Experiências). A nova organização é administrada pela Bell. A agenda do laboratório é ditada por algumas perguntas centrais: O que as pessoas amam nas plataformas e dispositivos que já possuem? O que podemos fazer para fortalecer ainda mais esse amor? E quais tecnologias precisaremos para reinventar? O IXR prioriza pesquisas voltadas para todas as atuais plataformas da Intel, sem descartar as emergentes. Existem quatro pilares centrais na agenda do laboratório:

  • Pesquisa em ciências sociais que aproveita o centro de excelência em pesquisa etnográfica da Intel e conta com especialistas na interação humano-computador. Tem foco global. Continuará a realizar trabalho de campo e outras formas de pesquisa em todo o mundo, com interesse especial no dia a dia das pessoas.
  • Habilitação de design – Aproveita a experiência da Intel em interação e na avaliação da experiência do usuário. Prioriza a criação de experiências atraentes.
  • Pesquisa tecnológica – Aproveita a experiência da Intel em reconhecimento visual e facial e visualização de dados.
  • Previsão sobre o futuro – Algo incluído recentemente nas atividades da Intel – uma maneira diferente de pensar sobre o futuro. Aproveita os sucessos da Intel em pesquisas etnográficas e a sua conhecida excelência tecnológica.

Ajudar a computação sensível ao contexto significa prestar atenção à rotina das pessoas e aos lugares e coisas que possuem significado em nossas vidas.

Mais informações sobre os discursos do Intel Developer Forum e a 2ª Geração da família de processadores Intel® Core™ estão disponíveis em www.intel.com/newsroom/idf.

A computação sensível ao contexto mudará radicalmente a forma como interagimos com a tecnologia

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

  • O CTO da Intel, Justin Rattner, previu que a experiência do usuário com a tecnologia será orientada pelo contexto no futuro.
  • Rattner comentou sobre a nova geração de dispositivos que deverá definir a próxima era da tecnologia pessoal.
  • Ao mesmo tempo em que desenvolve novas maneiras para experimentar, reunir e compartilhar dados contextuais, a Intel está ainda mais focada em garantir a privacidade e a segurança.

 

São Francisco, 16 de setembro de 2010 – O futuro da computação está nas experiências do usuário orientadas pelo contexto, segundo o discurso apresentado hoje pelo Vice-Presidente e CTO da Intel, Diretor da Intel Labs e Senior Fellow, Justin Rattner, no Intel Developer Forum de São Francisco.

Rattner descreveu como a computação sensível ao contexto deverá mudar radicalmente a forma como interagimos e nos relacionamos com os dispositivos e serviços de informação. Com os dispositivos tendo cada vez mais poder de processamento, mais conectividade e capacidades inovadoras, os pesquisadores da Intel estão focados em oferecer novas experiências orientadas pelo contexto aos usuários. Os dispositivos “sensíveis ao contexto” conseguirão prever as suas necessidades, aconselhá-los e guiá-los durante todo o dia de uma maneira mais parecida com um assistente pessoal do que um computador tradicional. A computação sensível ao contexto, por meio de uma combinação de sensores, abrirá novas oportunidades para os desenvolvedores criarem a próxima geração de produtos nas plataformas da Intel.

Contexto: A base do futuro design orientado à experiência

Rattner explicou que a computação “sensível ao contexto” é totalmente diferente dos simples aplicativos baseados em sensores que vemos atualmente. “As minhas coordenadas GPS e a bússola não dizem muito sobre mim ao meu smartphone. Imaginem um dispositivo que usa inúmeros tipos de sensores para determinar o que você fará, seja dormir na sua cama ou correr com um amigo. Ao combinar as informações do sensor rígido como onde você está e as condições a sua volta, com as dos sensores flexíveis, como seu calendário, suas redes sociais e histórico de preferências, os dispositivos do futuro aprenderão constantemente sobre quem é você, como você vive, trabalha e se diverte. À medida que os seus dispositivos aprendem sobre a sua vida, eles podem começar a prever as suas necessidades. Imagine o seu PC te aconselhando a sair de casa 10 minutos mais cedo para o seu próximo compromisso devido ao engarrafamento no seu caminho para o trabalho. Pense em um controle remoto “sensível ao contexto” capaz de determinar instantaneamente quem o está segurando e carregar as preferências da Smart TV para aquela pessoa. Isso tudo pode soar a ficção científica, mas essa é a promessa da computação “sensível ao contexto” e já podemos demonstrar uma boa parte dela no laboratório”.

Para demonstrar um exemplo, Rattner recebeu a companhia de Tim Jarrel, vice-presidente e editor da Fodor’s Travel. Jarrel demonstrou um Assistente Pessoal de Férias experimental da Fodor rodando em um dispositivo móvel para a Internet e projetado em conjunto com a Intel. O APF usa inúmeras fontes de contexto, como preferências pessoais, atividades anteriores, localização atual e informações do calendário para fornecer recomendações em tempo real para os viajantes. O APF também pode criar, a pedido do usuário, um blog da viagem com as fotos marcadas e os vídeos visitados durante o roteiro.

Rattner também demonstrou o projeto de pesquisa chamado Socially ENabled Services (SENS) que tem a habilidade de compreender as suas atividades em tempo real e, caso você deseje, compartilhar essa informação “ao vivo e a cores” com os amigos e parentes da sua rede por meio de animações gráficas no dispositivo que estiver disponível, seja PC, smartphone ou TV.

“Ao mesmo tempo em que estamos desenvolvendo todas essas novas maneiras para experimentar, reunir e compartilhar dados contextuais, a Intel está ainda mais focada em garantir a privacidade e a segurança à medida que bilhões de dispositivos se conectam e ficam mais inteligentes”, declarou Rattner. “A nossa visão é habilitar os dispositivos a gerar e usar informações contextuais para uma melhor experiência do usuário, garantindo a segurança e a privacidade das informações pessoais de um indivíduo. Por trás desse novo nível de segurança, estão as próximas técnicas habilitadas por hardware da Intel que melhoram dramaticamente a habilidade de todos os dispositivos se defenderem contra possíveis ataques”.

Fazendo o contexto funcionar

Projetar experiências atraentes requer o profundo conhecimento e entendimento dos comportamentos e preferências dos consumidores. Genevieve Bell, Intel Fellow e chefe de Pesquisa em Interação e Experiência da Intel Labs, uniu-se a Rattner no palco para falar sobre os fundamentos do design de experiências. “Nosso objetivo é desenvolver experiências que as pessoas amem”, disse Bell. “Aplicar o contexto de forma aleatória pode facilmente resultar em uma experiência negativa. A chave para fazer o contexto funcionar é focar o design nas pessoas, e para nós, isso começa com trabalhar com o que as pessoas amam”.

No final do seu discurso, Rattner apresentou o maior exemplo de sensibilidade – uma interface cérebro humano-computador. Por meio do projeto Human Brain (Cérebro Humano), a Intel busca habilitar as pessoas a um dia usarem seus pensamentos para interagir diretamente com computadores e dispositivos portáteis. Em um projeto conjunto com a Carnegie Mellon University e a University of Pitsburgh, a Intel Labs está investigando o que pode ser deduzido sobre o estado cognitivo de uma pessoa com base no padrão de atividade neural.

Mais informações sobre as tecnologias demonstradas no discurso estão disponíveis em www.Intel.com/newsroom/idf.

Intel é a sétima marca mais valiosa do mundo

Ranking da Interbrands aponta a ascenção da empresa em duas posições em um ano

 

São Paulo, 16 de setembro de 2010 – Em uma escalada de duas posições em um ano, a Intel acaba de conquistar a posição de sétima marca mais valiosa do mundo, segundo a 11ª Edição do Best Global Brands, da Interbrands.

 

Em 2009, a mesma pesquisa apontou a empresa como nona marca no levantamento. Já em 2010, para a conquista da sétima posição, a Intel apresentou o valor de marca de US$ 32,015 bilhões subindo duas posições em relação ao ano anterior.

 

A avaliação se baseia em três principais fatores: os ganhos financeiros obtidos pelas empresas com suas marcas, a preferência dos consumidores pela marca e estimativas sobre a capacidade da marca de gerar ganhos no futuro. Todas as marcas que integram o ranking devem ser empresas de capital aberto, com dados financeiros publicados e um terço de seu faturamento realizado fora do país de origem.

 

Em 2009, a Intel lançou seu novo posicionamento corporativo “Apaixonados pelo Futuro”, alinhado com uma extensa campanha de marketing e publicidade. A campanha, que teve como objetivo ajudar a divulgar a relevância da Intel, reforçar sua posição de liderança tecnológica e ressaltar os avanços e os benefícios trazidos para a vida das pessoas através de pesquisa e desenvolvimento realizados pela Intel, foi a maior iniciativa de marketing integrado da companhia já realizada mundialmente.

Nota para os editores: Conteúdo multimídia disponível em http://www.intel.com/pressroom/kits/classmatepc.

 

Classmate PC com tecnologia Intel apresenta novo design flip

São Francisco, 15 de Setembro de 2010 – Pensando nos atuais desafios enfrentados nas salas de aulas e com base nas descobertas de pesquisas científicas, a Intel aprimorou o Classmate PC Flip com maior duração da bateria, maior resistência à queda, à água e proteção adicional anti-bactericida, valorizando ainda mais o dispositivo de aprendizado nas salas de aulas em todo o mundo. O mais novo Classmate PC Flip equipado com a tecnologia Intel se une ao design conversível do classmate PC como parte da Intel® Learning Series para fornecer às salas de aulas de todo o mundo uma ampla seleção de soluções com propósitos específicos para suprir as necessidades educacionais. Fabricantes de PCs de todo o mundo projetarão seus produtos com base nesse design nos mercados locais.

Os benefícios do novo Classmate PC Flip incluem:

  • Maior duração de bateria, alcance de até 8,5 horas (com uma bateria íon-lítio de seis células e 32G SSD¹).
    • Os estudantes agora estão usando seus PCs em mais aulas e freqüentemente precisam usá-los durante todo o dia. Os professores e as escolas enfrentam o desafio de como manter os sistemas carregados.
    • Os mercados emergentes, em particular, enfrentam esse desafio já que normalmente não possuem tomadas suficientes.
    • A Intel utilizou várias inovações técnicas no design da placa-mãe e da tecnologia de bateria, como o uso de um design de sistema eficiente no consumo de energia, que minimiza o consumo de energia e utiliza uma bateria de maior densidade para aumentar a duração da bateria para que os estudantes possam trabalhar até 8,5 horas com apenas uma carga.
    • A maior duração da bateria também facilita o uso contínuo em sala de aula e pode reduzir a descontinuidade do fluxo de aula, já que os professores não possuem o recurso de ensinar sem o computador ou de um intervalo para que os estudantes conectem seus computadores à tomada.
    • O novo Classmate PC Flip utiliza o último processador Intel Atom, baseado na próxima geração da micro-arquitetura Intel® Core™ Hi-k de 45nm, que oferece desempenho com eficiência no consumo de energia.
    • A maior resistência melhora a proteção contra quedas da altura da carteira (até 70 cm), transporte ou queda nas mochilas e bolsas.
      • As crianças podem ser descuidadas com a tecnologia e muitas escolas oferecem estojos protetores separados para a proteção do notebook.
      • Os notebooks são guardados em mochilas ou bolsas cheias de livros pesados e conseqüentemente batem em vários lugares. Na sala de aula, derrubar o notebook é uma ocorrência rotineira graças a tropeços no cabo ou pelo fato da carteira estar entulhada com outros livros e materiais escolares.
      • Para melhorar a resistência geral, a Intel empregou tecnologias como o uso de cantos arredondados para melhorar a proteção em todos os ângulos, uma alça fácil de segurar para reduzir quedas, um disco rígido especial com proteção de borracha que reduz o impacto dos choques e vibrações e uma proteção especial de borracha para a tela de LCD visando minimizar o impacto de quedas e acidentes.
      • A resistência do novo Classmate PC Flip foi melhorada com a incorporação de zonas de impacto e proteções de ar adicionais em torno das áreas mais frágeis, como cantos e tela, para uma melhor proteção contra choques e vibrações.
      • A superfície emborrachada do design agüenta melhor o uso e o desgaste diário. As escolas e pais podem se beneficiar dos reduzidos custos de manutenção, sem a necessidade de comprar estojos protetores adicionais.
      • O teclado resistente à água pode proteger contra a queda acidental de líquidos, bem como a tela, o touchpad e o teclado resistentes à água do netbook (C-Face).
        • Os estudantes muitas vezes deixam a bebida ou realizam experimentos científicos próximo ao computador, aumentando o risco de derramamentos.
        • A Intel melhorou a resistência a água da C-face e de todo o sistema para reduzir os danos causados pelo contato com líquidos.
        • A Intel conseguiu melhorar a resistência a água da C-face ao focar inovações como o uso de material de vedação para preencher o espaço entre os botões e teclas, usando dois buracos de drenagem no fundo e um canal para o líquido em volta do teclado para habilitar o rápido escoamento dos líquidos.
        • O novo classmate PC flip pode resistir ao derramamento de até 100cc de líquido, aproximadamente metade do conteúdo de um suco em caixinha.
        • A maior resistência à água aumenta o valor da plataforma como uma solução verdadeiramente robusta nas condições ambientais que as crianças freqüentemente criam.
        • A superfície anti-bactericida na C-face pode proteger as crianças que usam o classmate PC contra os microorganismos.
          • As superfícies do touchpad e do teclado são particularmente suscetíveis a proliferação de microorganismos, causando mau cheiro e manchas transmitidas rapidamente para os próximos usuários (estudantes e professores).
          • A Intel trabalhou para melhorar a proteção anti-bactericida do notebook, aprimorando a experiência de estudantes, professores e pais.
          • A camada anti-bactericida ajuda a proteger o classmate PC de bactérias, mofo, bolor, fungos, algas e germes ao criar uma superfície que retarda o crescimento e a colonização de microorganismos.
          • A camada anti-bactericida ajuda a manter a sala de aula limpa e saudável, reduzindo a probabilidade dos estudantes serem infectados pelo compartilhamento do notebook com múltiplos estudantes, especialmente durante a temporada de frio e de gripes.

A Intel colabora com uma ampla rede de fabricantes para desenvolver e fornecer tecnologias educativas que ofereçam suporte e otimizem os Classmate PCs equipados com a tecnologia Intel

  • Por meio da Intel Learning Series, a Intel colabora com os fabricantes locais de hardware, software e periféricos para aproveitar a inovação e a compatibilidade no estágio de desenvolvimento.
  • Mais de 300 fabricantes, incluindo fabricantes de hardware, sistemas operacionais, software e soluções empresariais estão desenvolvendo aplicativos, periféricos e serviços otimizados para os classmate PCs equipados com a tecnologia Intel.
  • A Intel Learning Series já está em 60 países, oferecendo ferramentas de marketing, capacitação, exposição online e um fórum para os vendedores compartilharem recursos e encontrarem oportunidades comuns.

Mais informações sobre o classmate PC estão disponíveis em www.intel.com/intel/worldahead/classmatepc e http://www.intellearningseries.com

Sobre a Intel

A Intel (NASDAQ: INTC), líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom e blogs.intel.com

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedade de seus respectivos donos.

Intel realiza treinamentos para profissionais de tecnologia em Recife

Lojas revendedoras Intel receberão treinamentos técnicos de integração de computadores, além de orientações de marketing, vendas e negócios para o mercado de tecnologia

                                                              

Recife, 15 de setembro de 2010 – A Intel realizará no próximo dia 16, treinamentos para as empresas revendedoras e integradoras de tecnologia da cidade. Recife será a oitava capital a receber o evento que percorrerá nove estados brasileiros e capacitará 5.000 profissionais em todo o Brasil.

 

Em Recife, os treinamentos acontecem no Recife Palace e reunirá mais de 200 profissionais da área de revenda de produtos de informática, entre eles proprietários, gerentes, técnicos e promotores de varejistas.

 

O treinamento tem duração de um dia e é dividido em diferentes cursos conforme o público. Os técnicos e integradores de computadores participarão do TST - ‘Treinamento em Soluções Técnicas’. Já os empresários, gerentes e vendedores de empresas especializadas em tecnologia participam do ICC – ‘Intel Conferência de Canal’ – que aborda marketing, vendas e negócios para este mercado. Há ainda, o Roadshow Intel Varejo, opção para os promotores de grandes lojas varejistas, que forma um público com profissionais não especializados em tecnologia.

 

Além dos treinamentos coordenados pela equipe da Intel, outras grandes fabricantes estarão presentes no evento realizando exposições e apresentações, entre elas MSI, Microsoft, Kingston, Seagate, PCWare, Positivo, Western Digital Benq, Mtek, entre outras.

 

Os treinamentos da Intel são um benefício para as revendas parceiras da Intel, incluindo o treinamento dos promotores que ficam em varejistas. Com mais de 6.000 parceiros integradores ativos no Brasil, a Intel oferece para estes parceiros os cursos sem nenhum custo.

 

Os inscritos para o ICC em Recife ganharão pontos no programa de benefício Intel Flex+ se trouxerem para o treinamento, produtos de limpeza que serão doados à Instituição Etapas. E no TST, os participantes que trouxerem a mesma doação, serão elegíveis ao sorteio de uma publicação de conteúdo de marketing no site da empresa.

 

Serviço

Os interessados em participar dos Treinamentos para a área de Canal - técnicos, integradores, vendedores, gerentes e proprietários, devem se inscrever pelo site

http://icctst2010.eventosintel.com.br/ ou pelo 0800 886 – 0001.

 

Já os vendedores e promotores das grandes varejistas, podem se inscrever no www.eventosintel.com.br/irc2010 ou pelo 0800 886 - 0001.

Sobre a Intel

A Intel [NASDAQ: INTC], líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom e http://blogs.intel.com.

Acompanhe a Intel no Twitterhttp://twitter.com/intelbrasil

Intel, o logo da Intel e Intel Atom são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

Processadores Intel® Atom™ em todos os lugares; aplicativos para netbooks já estão disponíveis

São Francisco, 14 de setembro de 2010 - Durante os discursos de hoje no Intel Developer Forum, os executivos da Intel Corporation delinearam inúmeros esforços relacionados a software e hardware, já que a empresa intensifica seus planos de produtos System-on-a-Chip (SoC) com base na família de processadores Intel® Atom™.

Em meio às previsões de bilhões de novos dispositivos sendo conectados à Internet, Renee James, vice-presidente sênior e gerente geral do Grupo de Software e Serviços da Intel, e Doug Davis, vice-presidente e gerente geral do Grupo de Embarcados e Comunicações, discutiram a expansão desses processadores em áreas de grande crescimento, incluindo netbooks, tablets, eletrônicos de consumo e smart phones.

Renee James, “As melhores experiências são criadas com a arquitetura Intel”
Vice-Presidente e Gerente Geral do Grupo de Software e Soluções da Intel

Durante seu discurso, James delineou como softwares e plataformas altamente integradas e otimizadas oferecerão novos níveis de desempenho, além de novas capacidades e da importância da criação de experiências inovadoras para a computação pessoal – de PCs a smartphones, tablets e carros, bem como inúmeros dispositivos de consumo conectados à Internet.

  • Intel® AppUp Center – James anunciou o lançamento oficial da primeira loja da Intel de aplicativos para netbooks visando os consumidores. A Intel® AppUpSM Center fortalece a experiência do usuário com aplicativos otimizados para a mobilidade e o tamanho da tela dos netbooks. Para encorajar os consumidores a descobrirem novos aplicativos, a Intel AppUp Center oferece um período de 24 horas para “testar antes de comprar” os aplicativos pagos. 
    • Best Buy*, Dixons* baseada na Inglaterra, e Croma* baseada na Índia também estão apoiando a Intel AppUp com planos para abrir e distribuir suas próprias vitrines baseadas na Intel AppUp Center para alguns modelos de netbooks.
    • A fabricante de netbooks Asus anunciou a sua própria versão da Intel AppUp Center, batizada de “Asus App Store”, que estará disponível em todos os netbooks da Asus fabricados após outubro de 2010.

  • Aplicativos Intel e Adobe* AIR – Intel e Adobe uniram forças para ajudar os desenvolvedores a criarem aplicativos Adobe® AIR para netbooks na Intel AppUpSM Center e a Intel anunciou que a Intel AppUp Center oferece suporte para Adobe AIR runtimes. Como resultado da colaboração, são esperados mais de 100 aplicativos Adobe AIR AppUp, gratuitos ou pagos, até o fim de setembro.
  • Programa para Desenvolvedores Intel AppUp – O Programa para Desenvolvedores Intel AppUp (IADP, na sigla em inglês), por meio do appdeveloper.intel.com, fornece os produtos e recursos que os desenvolvedores precisam para criar e comercializar aplicativos para netbooks baseados no processador Intel® Atom™ e uma estrutura para a loja de aplicativos a fim de habilitar OEMs, provedores de serviços e outros a criarem vitrines para os consumidores visando fomentar a distribuição de aplicativos e outras criações dos desenvolvedores, como vantagens de software, diretamente a consumidores e desenvolvedores. A IADP ajuda a fomentar aplicativos inovadores para usuários finais e novas oportunidades de receita para desenvolvedores e fabricantes de software independentes por meio de programas como o fundo de um milhão de dólares da Intel para Desenvolvimentos e o novo identificador “On Intel AppUp” para ISVs a fim de ajudar os desenvolvedores a vincularem seus aplicativos à Intel AppUp Center.
  • MeeGo TV - A pioneira da Internet TV Amino Communications* demonstrou uma solução para TV inteligente baseada no MeeGo, que completa a programação tradicional da TV com conteúdo adicional fornecido por meio de uma conexão com a Internet. Com a ajuda do sistema operacional MeeGo, o decodificador Freedom da Amino também oferece a experiência completa da Internet por meio de um navegador, além do suporte para Microsoft* Silverlight e Adobe Flash.
  • Device VM e MeeGo – A Device VM, líder mundial em computação instant-on (inicialização rápida), demonstrou a próxima geração da sua premiada plataforma instant-on Splashtop no IDF. O principal produto da empresa, o Splashtop, já foi incluído em milhões de netbooks e notebooks dos principais OEMs de PCs em todo o mundo. A empresa já planeja oferecer uma versão compatível com o popular SO MeeGo, ao mesmo tempo em que habilita os atuais usuários de sistemas equipados com o Splashtop a se aproveitarem de um upgrade completo no primeiro semestre de 2011.
  • Telefone Residencial MeeGo – A Gemtek está demonstrando o primeiro telefone para mídia com o processador Intel® Atom™ e o pré-lançamento do MeeGo v1.1. Com o codinome “Zeus”, esse produto fará parte da família de telefones para mídia, com o tamanho da tela variando entre 7 e 10 polegadas, da Gemtek. O “Zeus” é voltado para a nova geração de dispositivos residenciais para comunicação com capacidade para linha telefônica tradicional ou VoIP, telefonia com vídeo e comunicação multimídia com compartilhamento de arquivos via DLNA, além de fornecer uma experiência completa para navegação na Internet. O Zeus inclui um conjunto sem fio e uma estação base com um dispositivo para comunicação/tablet removível.

 

Doug Davis, “Experiências inteligentes, conectadas e transformadas”
Vice-Presidente e Gerente Geral do Grupo de Comunicações e Embarcados da Intel
Discutindo o importante papel que a marca Intel Atom desempenha no oferecimento da computação inteligente para dispositivos conectados, Davis descreveu toda a linha de processadores Intel Atom e como a empresa está fornecendo soluções baseadas na Arquitetura Intel® para além do segmento de PCs. Davis também enfatizou como as soluções baseadas no processador Intel Atom podem oferecer a plataforma ideal para conectividade à Internet e inteligência, além da facilidade no projeto resultar em amplas opções para os usuários.

  • Intel® Atom™ E600 – A Intel lançou hoje o processador SoC Intel® Atom®™ E600 series (anteriormente conhecido pelo codinome “Tunnel Creek”) desenvolvido especificamente para aplicativos embarcados.
  • Solução IVI da Visteon – Upton Bowden da Visteon uniu-se a Davis no palco para demonstrar a plataforma de desenvolvimento Visteon que oferece uma experiência inteligente e conectada em veículos. Ele explicou como a integração adicional de hardware e a flexibilidade IOH da nova série Atom E600 facilitam o design e a inclusão de sistemas de infotretenimento em veículos com soluções mais personalizadas para seus clientes,.
  • Processador Intel® Atom™ CE4200 – Anteriormente conhecido pelo codinome “Groveland” a terceira geração do system-on-a-chip (SoC) baseado na IA foi projetado e otimizado para a experiência da TV inteligente, incluindo a integração precisa de Internet, televisão e conteúdo pessoal com ótima capacidade de pesquisa. O SoC altamente integrado é usado em conjunto com o núcleo de processamento Intel Atom™ de 1.2 GHz e 512K de cache L2, com unidades funcionais integradas para ajudar a oferecer melhor desempenho e capacidade de processamento para o rápido desenvolvimento de aplicativos interativos, abertos e personalizados para a TV. Esses aplicativos (ex. relacionamento social, interfaces de usuário avançadas, mecanismo de buscas inteligentes e jogos 3D) são o centro da experiência com a TV inteligente. ADB*, Sagemcom*, Samsung* e Technicolor* já anunciaram planos para fabricar decodificadores baseados no produto da Intel.
  • O processador Intel® Atom™ CE 4200 aproveita o alto desempenho da arquitetura SoC da Intel para eletrônicos de consumo – O SoC oferece capacidades de processamento e decodificação 3D-TV e suporte para as principais capacidades de processamento e decodificação em hardware para conteúdo multi-stream de alta definição, incluindo MPEG2, H.264, MPEG4-2 e VC-1¹. Ele também conta com um decodificador de vídeo de alta definição H.264 integrado para habilitar novos aplicativos, como vídeo-conferência, transmissão de vídeo pela rede doméstica, economia de energia no armazenamento no disco rígido e sincronização flexível para conectividade com dispositivos portáteis. O SoC ajuda a compreender os requisitos de energia ao oferecer suporte para diversos modos de standby e níveis de consumo para ajudar a cumprir os requisitos especificados pela indústria.
  • Microsoft anuncia Windows Embedded Standard 7* com o Windows Media Center* nas plataformas baseadas no processador Intel® Atom™ CE4100 – A Microsoft adaptou o Windows* Embedded Standard 7, com o Windows Media Center*, para o processador Intel® Atom™ CE4100. Até agora, os clientes precisavam um PC de alto desempenho para desfrutar a experiência completa do Windows Media Center. A adaptação para o CE4100 permitirá que os OEMs criem produtos que ofereçam essa experiência em um dispositivo que se conecta diretamente à TV, e com preço competitivo. Os aceleradores de hardware do CE4100 possibilitam uma excelente experiência com conteúdo em alta definição. Dabis recebeu a companhia de Barb Edson no palco, diretora sênior de Marketing da Divisão de Embarcados da Microsoft para o Windows, para demonstrar dois protótipos de decodificadores de Acer* e Asus*. Ela demonstrou o sistema, começando por uma página inicial personalizável, TV ao vivo, gravação da TV e Internet TV, além da habilidade para transmitir conteúdo pessoal, como fotos e vídeos, para a tela do Media Center na TV. Os novos produtos deverão ser lançados em 2011.
  • D-Link e Boxee anunciam a Boxee Box* baseada no Intel CE4100 – D-Link e Boxee anunciaram um novo dispositivo para mídia capaz de rodar os populares formatos de mídia digital desde coleções pessoais ou da Internet. Baseado no processador Intel® Atom™ CE4100, o Box da Boxee dá aos usuários acesso a conteúdo sob-demanda para o entretenimento, como filmes, shows e aplicativos, incluindo relacionamento social. Os produtos deverão começar a ser comercializados em novembro de 2010 nos EUA, Canadá, UE e Austrália.
  • Momento da TV inteligente – No IDF, a Intel destacou dois produtos para a TV inteligente equipados pelo processador Intel® Atom™ CE4100 e  Google TV* que deverão chegar ao mercado nesse outono. A Sony* Internet TV e o decodificador Revue* da Logitech combinarão, de forma perfeita, o acesso à Internet com a experiência de assistir TV por meio da combinação dos processadores da Intel e da Google TV baseada nos SO Android*. A demonstração destacou como um indivíduo pode conseguir uma ótima experiência na Internet, enquanto assiste TV e um vídeo postado no Facebook* utilizando uma TV conectada a um decodificador Revue da Logitech.
  • Rede de eletrônicos de consumo da Intel – Uma comunidade baseada em associados, formada por provedores de serviços e softwares, que busca acelerar o lançamento de dispositivos CE conectados baseados na arquitetura Intel®. Sete novas empresas participantes uniram-se à rede, incluindo TransGaming, Schematic, PrimeSense, Fluendo, Triple Play Integration, JetHead e Solekai Systems.
  • Intel equipa software e hardware para tablets com o MeeGo – Baseado no processador Intel® Atom™ N450, o WeTab* será o primeiro tablet baseado no sistema operacional de código aberto MeeGo* a chegar ao mercado, ainda nesse mês. O Tablet virá com uma interface sensível ao toque do tipo WeTab e com a habilidade para rodar aplicativos Adobe Flash, Adobe AIR, QT e Java. Para mais informações, favor visitar http://wetab.mobi/en.
  • Intel experimenta bom momento do segmento de netbooks – Após o lançamento dos processadores móveis dual-core Intel Atom, os netbooks baseados nos novos processadores ajudaram a fomentar as vendas e o suporte dos principais OEMs. Os netbooks baseados no processador dual-core Intel® Atom™ N550 oferecem aos consumidores acesso à Internet durante deslocamentos com novos níveis de suporte para aplicativos pesados, como jogos. Os netbooks contam com suporte para o Adobe Flash e oferecem uma experiência mais rápida, compacta, com suporte para memória DDR3 e uma ótima duração da bateria. A Intel vem experimentando uma ótima aceitação para os netbooks, com mais de 70 milhões de unidades vendidas até o momento. Para mais informações, favor visitar www.intel.com/products/processor/atom.
  • “OAK Trail” é o codinome para a próxima plataforma Intel® Atom™ otimizada para tablets e netbooks com tamanhos ainda menores devido a suas reduções em consumo de energia e restrições térmicas. Disponível para os clientes a partir do começo de 2011, a plataforma baseada no processador SoC Intel® Atom™ oferecerá uma redução de até 50 por cento no consumo médio de energia com capacidade para a reprodução perfeita de vídeo HD e opções de software incluindo os sistemas operacionais MeeGo*, Windows* 7 e do Google. Os dispositivos equipados com o SoC também oferecerão compatibilidade com vários sistemas operacionais, incluindo Android*, MeeGo e Windows 7*.
  • Dell inovando com o Intel® Atom™ - Davis recebeu a companhia da Dell no palco para demonstrar seu próximo dispositivo portátil conversível, equipado com o próximo processador dual-core Intel Atom. O formato inovador estará disponível ainda nesse ano. O design ultra-pequeno contém uma tela giratória de 10 polegadas que o transforma tranquilamente em um tablet, além de contar com suporte para o Microsoft Windows 7* e uma interface sensível ao toque desenvolvida pela Dell que oferece acesso com apenas um toque para aplicativos e conteúdo.

 

Intel, Intel Atom, Arquitetura Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation nos Estados Unidos e outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedade de seus respectivos donos.

¹ O suporte para alguns formatos pode requerer que os clientes obtenham licença(s) de uma ou mais partes, que pode(m) conter direitos de propriedade intelectual aplicáveis para o formato, codificação, decodificação da mídia e/ou capacidades de gestão de direitos digitais.

Novo Processador SoC Intel® Atom™ para carros, telefonia via Internet e dispositivos smart grid

 

INTEL DEVELOPER FORUM, São Francisco, 14 de setembro de 2010 – A Intel Corporation lançou hoje o processador Intel® Atom™ E600 series. Anteriormente conhecido pelo codinome “Tunnel Creek”, esse system-on-chip (SoC) baseado no processador Intel Atom integra capacidades adicionais no chip e oferece interconexão aberta para a ligação rápida com inúmeros dispositivos I/O. A flexibilidade do SoC facilitará a criação de design diferenciados e é ideal para aplicativos como sistemas de infotretenimento veicular, telefonia via Internet e dispositivos smart grid.

 

Flexibilidade por meio da integração – A interconexão aberta do SoC Intel Atom permite que os desenvolvedores liguem mais facilmente qualquer dispositivo compatível com o padrão PCI Express* ao processador. O interconector PCI Express também possibilita a criação personalizada de hubs I/O que podem ser ligados ao SoC para aplicativos como sistemas de infotretenimento veicular, dispositivos smart grid, dispositivos de automação e equipamentos industriais. A integração do núcleo de processamento do Intel Atom com controladores de memória, gráficos, codificação/decodificação de áudio e vídeo em um único chip significa um design mais simples para a placa, facilitando e acelerando o desenvolvimento de aplicativos embarcados.

 

Escalabilidade por meio da compatibilidade – Fabricado com a Arquitetura Intel®, o SoC foi projetado para operar com tecnologias mais antigas, bem como com futuros produtos, o que resulta no reaproveitamento de design e na proteção dos investimentos em tecnologia e infra-estrutura.

 

Alto desempenho, baixo consumo e baixo custo – O SoC Intel Atom atinge o desempenho/consumo otimizado com 5 watts ou menos, o que torna o chip ideal para aplicativos com restrições de tamanho. O design compacto e altamente integrado também reduz o custo total com materiais, ao mesmo tempo em que a escalabilidade da arquitetura reduz o custo proprietário total.

 

Outros fabricantes de Hub I/O – Inúmeros chipstes interligados, específicos para aplicativos embarcados, já estão disponíveis graças a fabricantes como a OKI Semiconductor*, que fabrica terminais de telecomunicações e infotretenimento em veículos, como telefones para mídia, a Realtek Semiconductor*, que fabrica dispositivos para serviços médicos e gateways para serviços conectados, e a STMicroelectronics*, que comercializa sistemas de infotretenimento veicular. Outras ofertas de silício para ajudar a simplificar o design, a regulagem da voltagem e a sincronização dos clocks estão disponíveis por meio de Dialog Semiconductor* e ROHM Co*.

 

Preços e Disponibilidade – A série de processadores, bem como a Intel® Platform Controller Hub (PCH) EG20t, que atende os requisitos de design dos segmentos embarcados, incluindo IVI, dispositivos smart grid, telefones para mídia, automação industrial e residencial estarão disponíveis para os clientes ainda nesse ano. Os processadores Intel Atom variam de US$ 19,00 a 85,00 por unidade, para lotes com 1.000 peças, e o PCH custa US$ 9,00 por unidade para lotes com 1000 peças.

 

Processador  Intel® Atom™ E600

Velocidade

Thermal Design Power

Faixa de Temperatura

Pacote

Processador Intel® Atom™ E680T

1.6 GHz

3.9 watts

Industrial

-40 to +85˚ C

676-ball FCBGA 22x22mm

Processador  Intel® Atom™ E680

1.6 GHz

3.9 watts

Comercial

0 to +70˚ C

676-ball FCBGA 22x22mm

Processador  Intel® Atom™ E660T

1.3 GHz

3.3 watts

Industrial

-40 to +85˚ C

676-ball FCBGA 22x22mm

Processador  Intel® Atom™ E660

1.3 GHz

3.3 watts

Comercial

0 to +70˚ C

676-ball FCBGA 22x22mm

Processador  Intel® Atom™ E640T

1.0 GHz

3.3 watts

Industrial

-40 to +85˚ C

676-ball FCBGA 22x22mm

Processador  Intel® Atom™ E640

1.0 GHz

3.3 watts

Comercial

0 to +70˚ C

676-ball FCBGA 22x22mm

Processador  Intel® Atom™ E620T

0.6 GHz

2.7 watts

Industrial

-40 to +85˚ C

676-ball FCBGA 22x22mm

Processador  Intel® Atom™ E620

0.6 GHz

2.7 watts

Comercial

0 to +70˚ C

676-ball FCBGA 22x22mm

 

Nome do Produto

Thermal Design Power

Faixa de Temperatura

Pacote

Intel® Platform Controller Hub EG20T

1.55 watts

Industrial

-40 to +85˚ C

376-ball PBGA 23x23mm

 

Intel, Intel Atom, Intel Architeture, Intel Platform Contoller Hub EG20T e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedade de seus respectivos donos.

Intel lança loja de aplicativos de software e oferece novos chips Intel Atom

NOTÍCIAS EM DESTAQUE:

  • A Intel® AppUp CenterSM para netbooks já está amplamente disponível, com novos aplicativos Adobe AIR e Microsoft Silverlight, além do suporte de Asus, Best Buy, Croma e Dixons.
  • O novo SoC Intel® Atom™ E600 series oferece ótima flexibilidade para os desenvolvedores em segmentos como entretenimento veicular, telefonia via Internet e dispositivos smart grid.
  • A Intel também delineou a próxima geração do processador Intel® Atom™ CE 4200 SoC que oferece vídeo 3-D-TV, fácil sincronização e capacidades de economia de energia para uma melhor experiência com a TV inteligente.

 

NOTA PARA OS EDITORES: conteúdo multimídia disponível em www.intel.com/newsroom/idf.

San Francisco, 14 de setembro de 2010 – Durante os discursos de hoje no Intel Developer Forum, os executivos da Intel Corporation delinearam inúmeros esforços relacionados a software e hardware, já que a empresa intensifica seus planos de produtos System-on-a-Chip (SoC) com base na família de processadores Intel® Atom™.

         Em meio às previsões de bilhões de novos dispositivos conectados à Internet, Renée James, vice-presidente sênior e gerente geral do Grupo de Software e Serviços da Intel, e Doug Davis, vice-presidente e gerente geral do Grupo de Embarcados e Comunicações, discutiram a expansão desses processadores em áreas de grande crescimento, incluindo netbooks, tablets, eletrônicos de consumo e smart phones.

James: As melhores experiências são criadas com a Arquitetura Intel

         Durante seu discurso no Moscone Center West em San Francisco, James delineou como softwares e plataformas altamente integradas e otimizadas oferecerão novos níveis de desempenho, além de novas capacidades e da importância da criação de experiências inovadoras para a computação pessoal – desde PCs a smart phones, tablets e carros, bem como inúmeros dispositivos de consumo conectados à Internet.

         Enfatizando a ótima experiência com diferentes sistemas operacionais, James anunciou a ampla disponibilidade da loja de aplicativos para netbooks Intel® AppUp CenterSM. A Intel AppUp Center conta com aplicativos pagos e gratuitos para entretenimento, relacionamento social, jogos e produtividade otimizados para a mobilidade e o tamanho da tela dos netbooks. Para encorajar os consumidores a testarem os novos aplicativos, a Intel AppUp oferece a opção de “testar antes de comprar” os aplicativos pagos por 24 horas. O lançamento também foi marcado pela disponibilidade programada dos aplicativos Adobe* AIR, bem como os apps de empresas como Accuweather, Barnes & Noble, Big Fish Games, iWin, Kaplan, KONAMI e National Geographic.

         Em um esforço para chegar aos donos de netbooks de todo o mundo, James anunciou acordos com Best Buy*, Dixons* baseada na Inglaterra, e Croma* baseada na Índia para dar acesso a todos os varejistas aos netbooks com aplicativos do Intel AppUp center pré-instalados, além de estarem disponíveis para os donos de netbooks para download. Da mesma forma, James anunciou os planos da Asus* de abrir a sua versão da Intel AppUp Center para netbooks, a “asus app store” a partir de outubro.

         Durante seu discurso, James destacou o Programa para Desenvolvedores Intel AppUp, projetado para fomentar aplicativos inovadores para usuários finais e novas oportunidades de receita para desenvolvedores e fabricantes de software independentes, com programas como o fundo de 1 Milhão de Dólares da Intel para Desenvolvimentos. Rick Vanner do The Game Creators foi eleito o vencedor do “Aplicativo Mais Inovador” no Desafio Intel Atom para Desenvolvedores por seu jogo intitulado “Goals”. James também apresentou o identificador “On Intel AppUp” para ISVs, projetado para ajudar os desenvolvedores a promoverem seus aplicativos no Intel AppUp center.

         James reconheceu que experiências perfeitas são apenas uma parte da equação. Sistemas operacionais abertos – como o MeeGo* de Intel e Nokia*, apoiado pela Linux Foundation – permitem que os desenvolvedores criem, inventem e inovem. Ressaltando as contribuições dos líderes da indústria, James discutiu o momento do ecossistema MeGoo e destacou os inúmeros dispositivos baseados no MeeGo e como softwares de terceiros e o próximo MeeGo Web Runtime, que será lançado em outubro, facilitarão o processo de escrever aplicativos para esses dispositivos. O pioneiro da Internet TV Amino* também uniu-se a James no palco para demonstrar como a empresa está se aproveitando da flexibilidade e da abertura do MeeGo para oferecer uma inovadora solução para a TV inteligente baseada no MeeGo.

Davis: Experiências inteligentes, conectadas e transformadas

         Discutindo o importante papel que a marca Intel Atom desempenha no oferecimento da computação inteligente para dispositivos conectados, Davis descreveu toda a linha de processadores Intel Atom e como a empresa está fornecendo soluções baseadas na Arquitetura Intel® para além do segmento de PCs. Davis também enfatizou como as soluções baseadas no processador Intel Atom podem oferecer a plataforma ideal para conectividade à Internet e inteligência, além da facilidade no projeto resultar em amplas opções para os usuários.

         Durante seu discurso, Davis apresentou o “Tunnel Creek”, um novo processador SoC Intel® Atom®™ E600 series desenvolvido especificamente para aplicativos embarcados, como sistemas de infotretenimento veicular, dispositivos smart grid e telefonia IP. O SoC integra capacidades adicionais ao chip e oferece uma interconexão aberta para chipsets visando maior flexibilidade. A facilidade no design e na personalização desses novos produtos incentivou fabricantes como OKI Semiconductor*, Realtek Semiconductor* e STMicroelectronics* a oferecerem interconectores para chipsets, além de outras ofertas de silício de Dialog Semiconductor* e ROHM Co** para a regulagem da voltagem e a sincronização de clocks, de acordo com Davis.

         Davis prosseguiu para revelar ao detalhes do próximo processador Atom configurável, codinome “Stellarton”. O processador é formado por um processador Atom E600 com um FPGA da Altera* em um pacote multi-chip que oferece flexibilidade adicional para os clientes que desejam incorporar aceleração I/O ou proprietária e habilitar os desenvolvedores a diferenciarem seus designs ao reagir rapidamente à mudança de requisitos.

         Davis também apresentou o processador Intel® Atom™ CE4200, anteriormente conhecido pelo codinome “Groveland”, projetado para ajudar a integrar perfeitamente a experiência da Internet com a TV.

         O SoC inclui suporte 3-D, capacidade para a codificação de vídeo H.264 de alta definição para modelos de uso que requerem a fácil sincronização de eletrônicos de consumo e dispositivos portáteis è redes, além do suporte para múltiplas fontes de transmissão para habilitar o design de aplicativos domésticos com ótimo custo-benefício. Para ajudar a atender os requisitos regulatórios, o SoC oferece capacidades para a gestão inteligente do consumo a fim de ajudar a desligar automaticamente as partes do chip que não estiverem sendo usadas. O kit para desenvolvimento de software e ferramentas familiares para a integração de aplicativos também estão disponíveis e podem ser reutilizados pelos OEMs para reduzir o tempo de desenvolvimento. Davis anunciou que ADB*, Samsung*, Sagemcom* e Technicolor* planejam fabricar decodificadores baseados no novo SoC.

         Microsoft*, Dell* e Visteon* uniram-se a Davis no palco durante seu discurso. A Microsoft anunciou que adaptou o Windows* Embedded Standard 7 e o Windows Media Center para  arquitetura Intel e demonstrou protótipos de dispositivos de Acer* e Asus. A Dell demonstrou seu próximo dispositivo portátil conversível baseado no processador Intel Atom, que deverá estar disponível ainda nesse ano. A Visteon demonstrou o uso do processador E600 series em um aplicativo para o infotretenimento veicular. Davis também destacou produtos para mobilidade baseados no próximo SoC da Intel, codinome “Oak Trail”. Para divulgar as opções que a Intel oferece, as demonstrações de dispositivos portáteis incluíram um ExoPC* rodando o Microsoft Windows Ebedded Standard 7, um WeTab* rodando o MeeGo* e um Cisco Cius* rodando o Android*.

Sobre a Intel

A Intel (NASDAQ: INTC) é líder mundial em inovação. A empresa projeta e fabrica as tecnologias essenciais que servem como base para os dispositivos computacionais de todo o mundo. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom e blogs.intel.com.

Intel, o logo da Intel e Intel Atom são marcas registradas da Intel Corporation nos Estados Unidos e em outros países. KONAMI é marca registrada da KONAMI CORPORATION.

* Outros nomes e marcas são propriedade de seus respectivos donos.

A Intel inovando para oferecer experiências perfeitas em dispositivos inteligentes e conectados

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

  • Otellini descreveu como a disseminação de dispositivos inteligentes e conectados à internet apresenta desafios e oportunidades de engenharia para a indústria.
  • A Intel está ampliando as suas técnicas de design e manufatura de chips, além da experiência de software para oferecer plataformas de hardware, software e serviços relacionados mais completos para novos segmentos de mercado.
  • Tecnologias e conceitos inovadores demonstram a liderança da Intel em arquitetura computacional para oferecer uma experiência consistente e interoperável na internet em uma ampla gama de dispositivos.
  • Os produtos para a TV inteligente serão disponibilizados nesse outono por D-Link*, Google*, Logitech*, Sony* e Telecom Italia*.

SÃO FRANCISCO, 13 de setembro de 2010 – O CEO da Intel Corporation, Paul Otellini, destacou hoje inúmeras tendências e tecnologias que criaram um “novo mercado para a computação onipresente”, apresentando desafios, e também oportunidades, para a indústria high-tech.

Essas tendências incluem a proliferação de bilhões de dispositivos inteligentes conectados à Internet, incluindo PCs, telefones e carros, além de como os indivíduos querem trocar sem problemas de dispositivos para se conectarem com amigos, conseguirem informações e conteúdo de entretenimento. Otellini disse que as pessoas “escolherão o dispositivo que ofereça a melhor experiência para cada modelo de uso e que nenhum dispositivo vencerá”.

A Intel está se posicionando para ampliar essa transformação no segmento da computação. A empresa está ampliando as suas técnicas de design e manufatura de chips e a sua experiência em software para oferecer plataformas de hardware, software e serviços relacionados mais completos que ofereçam desempenho com eficiência no consumo de energia, segurança e conectividade à Internet para uma ampla gama de dispositivos. A empresa está desenvolvendo produtos que abrangem PCs e servidores de alto desempenho para uma ampla gama de dispositivos “inteligentes” que já estão, ou estarão dentro de pouco tempo, conectados à Internet.

“A computação tornou-se uma parte indispensável das nossas vidas”, declarou Otellini em um discurso que ditou o tom do Intel Developer Forum, IDF. “A nossa visão é a de dar continuidade às experiências pessoais com a computação de forma que seja possível fornecer consistência e interoperabilidade entre todos os dispositivos conectados à Internet em casa, no carro, no escritório ou no seu bolso”.

“No centro deste continuum estará a tecnologia da Intel que produzirá dispositivos menores, mais poderosos e mais úteis”, completou ele. “Estamos mudando a maneira como desenvolvemos e oferecemos as soluções para que possamos transformar essa visão em realidade”.

“A Intel fez investimentos limitados para além dos PCs nos últimos anos. No entanto, fez aquisições que somaram aproximadamente US$ 10 bilhões ao longo da última década – começando com a Wind River – para ajudar a empresa a ampliar as suas capacidades. Otellini disse que os recém anunciados planos para a aquisição dos Negócios de Soluções Wireless da Infineon* e a McAfee Inc. melhorarão a habilidade da empresa para fornecer produtos com opções de conexões wireless e mais protegidos contra os cada vez mais sofisticados ataques de segurança direcionados para uma ampla gama de dispositivos conectados à Internet. A compra planejada dos negócios de cabo modem da Texas Instruments* fará com que a Intel possa oferecer serviços online para dispositivos eletrônicos de consumo.

O CEO da Intel também descreveu como os benefícios da Lei de Moore e a inovadora tecnologia de transistores da Intel estão sendo aplicadas a diferentes segmentos da informática para a criação de processadores cada vez mais poderosos e eficientes no consumo de energia. A tecnologia exclusiva de transistor high-k metal gate da empresa reduz em 10 vezes o desperdício de energia de geração a geração ao mesmo tempo em que continua melhorando o desempenho.

“Existem imensas inovações no segmento de PCs acontecendo atualmente”, declarou Otellini, citando inúmeros exemplos, incluindo a 2ª Geração da família de processadores Intel® Core™, a tecnologia Intel® Wireless Display e a tecnologia de gerenciamento de servidores e PCs empresariais. “Estou empolgado com a possibilidade da Intel levar a sua rica história de experiência em computação para outros mercados”.

O processador Intel Core, o processador Intel® Atom™ e as ferramentas de software da Intel estão ajudando na transformação dos data centers, da “nuvem” da Internet e de outras áreas que estão sendo transformadas pela proliferação de dispositivos pequenos e conectados à Internet. Otellini destacou o progresso da Intel nessas áreas. Ele também destacou inúmeras tecnologias que demonstram como a Intel está ampliando a sua liderança em arquitetura para computadores com a finalidade de oferecer uma experiência consistente e interoperável na Internet para múltiplos dispositivos.

“Estamos empolgados em como a indústria de TV está fazendo a transição dos poucos serviços baseados na Internet para uma experiência totalmente integrada à Internet”, disse Otellini. “Chamamos essa nova categoria de TV inteligente, e os produtos já estão começando a surgir em todo o mundo”.

Otellini destacou dois produtos para a TV inteligente equipados com o processador Intel® Atom™ CE 4100 e a Google* TV que chegarão ao mercado nesse outono. A Sony Internet TV e o decodificador Revue* da Logitech combinam perfeitamente o acesso à Internet com a experiência de assistir TV por meio da combinação dos processadores da Intel com a plataforma Android* da Google TV*. D-Link, Telecom Italia* e inúmeras outras empresas deverão lançar dispositivos baseados no processador Intel® Atom™ CE 4100 dentro de pouco tempo.

O sucesso da Intel no segmento de processadores embarcados continua com os designs vitoriosos para os processadores Intel Core e Intel Atom em mais de 30 segmentos de mercado que incluem carros, gestão do consumo doméstico de energia e sinalização digital. Atualmente existem mais de 3.800 compromissos com clientes embarcados para o processador Intel® Atom™.

Mais informações sobre as tecnologias demonstradas no discurso estão disponíveis em www.intel.com/newsroom/idf.

A Intel (NASDAQ: INTC) é líder mundial em inovação computacional. A empresa projeta e fabrica as tecnologias essenciais que servem como base para os dispositivos computacionais de todo o mundo. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom e blogs.intel.com.

Intel, o logo da Intel, Atom e Core são marcas registradas da Intel Corporation nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedade de seus respectivos donos.

Intel realiza treinamentos para profissionais de tecnologia em Salvador

Lojas revendedoras Intel receberão treinamentos técnicos de integração de computadores, além de orientações de marketing, vendas e negócios para o mercado de tecnologia

                                                              

Salvador, 13 de setembro de 2010 – A Intel realizará no próximo dia 14, treinamentos para as empresas revendedoras e integradoras de tecnologia da cidade. Salvador será a sétima capital a receber o evento que percorrerá nove estados brasileiros e capacitará 5.000 profissionais em todo o Brasil.

 

Em Salvador, os treinamentos acontecem no Hotel Fiesta e reunirá mais de 400 profissionais da área de revenda de produtos de informática, entre eles proprietários, gerentes, técnicos e promotores de varejistas.

 

O treinamento tem duração de um dia e é dividido em diferentes cursos conforme o público. Os técnicos e integradores de computadores participarão do TST - ‘Treinamento em Soluções Técnicas’. Já os empresários, gerentes e vendedores de empresas especializadas em tecnologia participam do ICC – ‘Intel Conferência de Canal’ – que aborda marketing, vendas e negócios para este mercado. Há ainda, o Roadshow Intel Varejo, opção para os promotores de grandes lojas varejistas, que forma um público com profissionais não especializados em tecnologia.

 

Além dos treinamentos coordenados pela equipe da Intel, outras grandes fabricantes estarão presentes no evento realizando exposições e apresentações, entre elas MSI, Microsoft, Kingston, Seagate, PCWare, Positivo, Western Digital Benq, Mtek, entre outras.

 

Os treinamentos da Intel são um benefício para as revendas parceiras da Intel, incluindo o treinamento dos promotores que ficam em varejistas. Com mais de 6.000 parceiros integradores ativos no Brasil, a Intel oferece para estes parceiros os cursos sem nenhum custo.

 

Os inscritos para o ICC em Salvador ganharão pontos no programa de benefício Intel Flex+ se trouxerem para o treinamento, livros que serão doados à Instituição CRIA. E no TST, os participantes que trouxerem a mesma doação, serão elegíveis ao sorteio de uma publicação de conteúdo de marketing no site da empresa.

 

Serviço

Os interessados em participar dos Treinamentos para a área de Canal - técnicos, integradores, vendedores, gerentes e proprietários, devem se inscrever pelo site

http://icctst2010.eventosintel.com.br/ ou pelo 0800 886 – 0001.

 

Já os vendedores e promotores das grandes varejistas, podem se inscrever no www.eventosintel.com.br/irc2010 ou pelo 0800 886 - 0001.

Sobre a Intel

A Intel [NASDAQ: INTC], líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom e http://blogs.intel.com.

Acompanhe a Intel no Twitterhttp://twitter.com/intelbrasil

Intel, o logo da Intel e Intel Atom são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

Intel detalha características de seu novo processador com recursos gráficos integrados

NOTÍCIAS EM DESTAQUE:

  • A Intel detalhou inúmeras características novas e melhoradas da sua 2ª Geração da família de processadores Intel® Core™ para notebooks e PCs. Esse será o mais novo processador da Intel, com uma ótima experiência visual integrada.
  • Deverá entrar em produção ainda nesse ano, com os notebooks e PCs chegando ao mercado no começo de 2011.
  • Os chips ampliarão ainda mais a liderança da Intel em duração de bateria e desempenho.
  • Foram realizadas as primeiras demonstrações públicas da próxima geração das plataformas para servidores Intel Xeon™ para servidores dual e multi-processados.

 

SAN FRANCISCO, 13 de setembro de 2010 – A Intel Corporation revelou hoje inúmeras características de design significativas para a 2ª Geração da família de processadores Intel® Core™ 2011 da empresa no Intel Developer Forum. As novas e melhoradas características ampliarão ainda mais a liderança em desempenho e duração de bateria dos chips da Intel, e adicionam inúmeras características relacionadas ao visual embutidas dentro dos chips.

Com o codinome “Sandy Bridge”, os chips serão baseados na primeira nova micro-arquitetura ‘visivelmente inteligente’ da Intel produzida nas inovadoras fábricas ou ‘fabs’ da empresa com o processo tecnológico de 32 nanômetros – um nanômetro (nm) é um bilionésimo do metro – e a segunda geração dos transistores high-k metal gate.

        “A maneira como as pessoas e as empresas estão usando os computadores está evoluindo em ritmo explosivo, fomentando a demanda por uma experiência ainda mais poderosa e visualmente satisfatória”, declarou Dadi Perlmutter, vice-presidente executivo e gerente geral do Grupo de Arquitetura da Intel. “A nossa 2ª Geração da família de processadores Core representa o maior avanço em desempenho e capacidades em relação a qualquer outra geração anterior. Além de oferecer esses notebooks baseados em tecnologia Intel, planejamos levar esses avanços para nosso portfólio de produtos para computação embarcada e servidores para data centers”.

         A família de processadores contará com uma nova arquitetura “em anel” que permite que o mecanismo de processamento gráfico embutido compartilhe recursos como o cachê do núcleo do processador, para melhorar o desempenho gráfico e geral do computador ao mesmo tempo em que mantém a eficiência no consumo de energia.

         A 2ª Geração dos processadores Intel Core também inclui uma versão melhorada da tecnologia Intel® Turbo Boost. Essa característica muda ou realoca os núcleos de processamento e os recursos gráficos para acelerar o desempenho, de acordo com a carga de trabalho para dar aos usuários um aumento imediato no desempenho quando necessário.

         Notebooks e PCs equipados com a 2ª Geração da família de processadores Intel Core deverão estar disponíveis no começo do próximo ano.

Nova experiência visual – visivelmente inteligente

         O novo processador gráfico da Intel oferece características visuais melhoradas, focando as áreas usadas pela maioria dos usuários atualmente: vídeo HD, 3D, jogos convencionais, multitarefa, relacionamento social online e multimídia.

         Para baixar e visualizar vídeos mais rapidamente, Perlmutter demonstrou um recurso de edição de vídeo acelerado por hardware usando a arquitetura de silício dedicada para o processamento de mídia, que permite que os usuários convertam rapidamente arquivos de vídeo para outros formatos.

         Os chips 2011 também vêm com a Intel Advanced Vector Extensions (AVX, na sigla em inglês). A AVX oferece desempenho melhorado, ótima funcionalidade e a habilidade de gerenciar, rearranjar e organizar melhor os dados. O novo conjunto de instruções de 256 bits acelera os aplicativos com grande número de pontos flutuantes, como a edição de fotos digitais e a criação de conteúdo.

         A Intel também demonstrou um processador duplo para servidor da Próxima Geração Intel® Xeon™ rodando o software para vídeo-conferência Vidyo* que utiliza os 32 threads disponíveis no sistema, e se aproveita do novo conjunto de instruções AES (AESNI, na sigla em inglês). A próxima geração dos processadores Xeon™ para servidores e workstations com 2 soquetes roda 8 núcleos e 16 threads por processador e deverá começar a ser produzida no segundo semestre de 2011.

         A Intel (NASDAQ: INTC), líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom e blogs.intel.com.

Intel, o logo da Intel, Atom e Core são marcas registradas da Intel Corporation nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedade de seus respectivos donos.

Intel Capital vende participação na brasileira Ativi 

Desde o primeiro aporte em 2006, a empresa registrou crescimento de 6.500% e encerrou 2009 com lucro líquido de $ 44 milhões de dólares

                                                              

São Paulo, 8 de setembro de 2010 – A Intel Capital concluiu o ciclo de investimentos na empresa brasileira Ativi, especializada no processamento de operações pré-pagas.  A saída foi realizada em função da venda da companhia para a Euronet, líder do setor com base nos EUA.

A Intel Capital realizou o primeiro aporte de capitais na empresa em 2005, em conjunto com a Darby Overseas Investments, braço de private equity da Franklin Templeton Investiments e a chilena MiFactory com o objetivo de posicioná-la como líder no segmento. A Ativi tornou-se lucrativa em 2006 e desde o primeiro aporte sua receita aumentou 6.500% e a rede de distribuição cresceu 1.200%.  O faturamento líquido da companhia foi de $ 44 milhões de dólares em 2009. Atualmente a Ativi conta com 14.000 pontos de pagamento (POS) em todo o país e é líder no processamento de recarga de celulares.

Com a entrada dos investidores em 2005, houve a reformulação do board da empresa, a contratação de novo presidente e CFO (Chief Financial Officer). A Intel também disponibilizou toda a sua rede de contatos e expertise da Intel à Ativi. A Intel Capital realizou outro aporte de capital na empresa em 2006.

Essa foi a terceira saída de capital realizada com êxito pela Intel Capital desde 2008. Anteriormente, a Intel já havia concluído investimentos nas empresas Spring Wireless em 2008 e Iavox em 2009. A Intel Capital possui investimentos em sete empresas brasileiras e outras cinco na América Latina.

“A compra da Ativi pela Euronet demonstra que fizemos uma escolha acertada ao investir em uma empresa pequena, mas com grande potencial. O Brasil vive um bom momento econômico, atraindo o interesse de investidores internacionais”, analisa Fábio de Paula, diretor de investimentos da Intel Capital na América Latina.

Sobre a Intel Capital:

Parte superior do formulário

Digite um texto ou endereço de um site ou traduza um documento.

Ouvir

Parte inferior do formulário

Intel Capital, organização global de investimento da Intel, faz investimentos em tecnologias inovadoras, start-ups e empresas no mundo inteiro. Intel Capital é o agnóstica em relação ao estágio da empresa e investe em uma ampla gama de empresas de hardware, software e serviços com foco em empresas, casa digital,  mobilidade, saúde, Internet, fabricação de semicondutores e tecnologias limpas. Desde 26 dezembro de 2009, a carteira de investimentos da Intel Capital está avaliada em aproximadamente $ 2.146 milhões de dólares

Acompanhe a Intel no Twitterhttp://twitter.com/intelbrasil

Intel, o logo da Intel e Intel Atom são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

Três empresas cariocas estão na final nacional do Desafio Brasil

Após vencerem a etapa regional, as empresas irão disputar a final da competição em São Paulo com projetos de tecnologia da informação e automação

 

Rio de Janeiro – 2 de setembro de 2010 – Após saírem vencedoras da etapa regional, as empresas cariocas Fumajet – Motofog, Pligus e Autore3D foram classificadas para a final nacional do Desafio Brasil, competição coordenada pela Intel e Fundação Getúlio Vargas e apoiada pela Microsoft que premia projetos de investimento em tecnologia de empreendedores e pequenos empresários em todo o Brasil.

 

Para concorrer ao Desafio, as três equipes apresentaram diferentes projetos na área de tecnologia da informação e automação, entre eles, automação para inseticidas agrícolas, ferramenta de interatividade digital e tecnologia 3D.

 

A final nacional do Desafio Brasil acontecerá em 17 e 18 de setembro na cidade de São Paulo sendo uma etapa classificatória do Desafio América Latina. A competição ocorre em três fases nas quais os competidores apresentam seus projetos para venture capitalists, professores e profissionais da indústria. Durante todo o Desafio, os projetos são avaliados de acordo com uma série de fatores, tais como habilidade de apresentação e vendas, grau de inovação e aplicação de tecnologia e atratividade para investimentos, entre outros.

 

Podem participar da competição, grupos ou empresas com projetos inovadores na área de tecnologia que tenha pelo menos um dos integrantes com nível superior. O grupo competidor não pode ter recebido financiamento superior a R$500 mil de instituições públicas ou privadas de fomento à pesquisa, além disso, os investimentos próprios não podem ter ultrapassado a quantia de R$250 mil.

 

Já a etapa América Latina do Desafio Intel também é um processo classificatório para o Desafio Intel® + UC Berkeley Tecnologia e Empreendedorismo (IBTEC), que acontece na Califórnia, no final do ano, quando os classificados concorrem a prêmios em dinheiro e assessoria de empreendedores e investidores do Vale do Silício.

 

Em 2009, os dois projetos premiados na etapa América Latina foram na área de desenvolvimento de microprocessadores e de e-commerce. A SiliconReef de Recife-PE, campeã do Desafio Brasil 2009, desenvolveu um microchip capaz de  aumentar a eficiência na captação e armazenamento de energia disponível no ambiente (térmica,solar,mecânica, etc.) de forma compacta. Já o projeto Ninui, de Niterói-RJ, que ficou em segundo lugar, é uma plataforma de negócios especializada em mercados de nicho, envolvendo empreendedorismo, comércio eletrônico e inclusão digital. Dos seis projetos semi-finalistas da competição de 2009, todos foram procurados por fundos de Venture Capital e dois receberam aportes de capital.

 

Saiba mais sobre os projetos das empresas concorrentes:

 

  • Fumajet – Motofog: Ferramenta de aplicação de inseticidas agrícolas que também pode ser aplicada no combate à dengue O controle micro processado de vazão controla o fluxo em tempo real por meio de injeção eletrônica, maximizando sua eficácia.

(http://www.youtube.com/watch?v=S0-web-vzTA),  (http://www.motofog.com.br/empresa)

Autore3D: Uma ferramenta online desenvolvida para criar apresentações corporativas e educacionais utilizando tecnologia 3D. (http://www.youtube.com/watch?v=u_hOebhHc94), (http://autore3d.com.br)

 

Sobre a campanha Apaixonados pelo Futuro

No Brasil, a campanha “Apaixonados pelo Futuro” reflete a visão da Intel de que tão importante quanto desenvolver a tecnologia em si é preparar o mercado e a sociedade para receber e aproveitar essa tecnologia. Por isso, a Intel está profundamente comprometida com todos os mercados onde opera. Desde sua chegada ao Brasil, há 22 anos, a Intel tem ajudado a preparar o país para o futuro – por meio de seu compromisso de levar ao mercado a liderança tecnológica, a inovação, e da contribuição contínua para a adoção da tecnologia, da melhoria na competitividade do mercado e da indústria local e da realização de fortes investimentos para o desenvolvimento do potencial humano por meio dos programas educacionais.

 

Sobre a Intel

A Intel [NASDAQ: INTC], líder mundial de inovações em silício, desenvolve tecnologias, produtos e iniciativas para melhorar continuamente a forma como as pessoas trabalham e vivem. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom e http://blogs.intel.com

 

Acompanhe a Intel no Twitterhttp://twitter.com/intelbrasil

Intel, o logo da Intel e Intel Atom são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros.

Estressado pela Tecnologia? Você não está sozinho

Pesquisa descobre que metade dos adultos dos EUA já fez algo fora do seu normal enquanto esperava pela tecnologia

São Paulo, 02 de setembro de 2010 – A tecnologia tornou-se uma parte integral do nosso dia a dia. A conexão sem fios à Internet predomina em shoppings, restaurantes e aeroportos. Espera-se que respondamos a e-mails minutos após recebê-los e as pessoas estão acostumadas a terem seus dispositivos móveis ao alcance das mãos. No entanto, com o acesso constante e quando a tecnologia ultrapassada falha em nos acompanhar o stress é garantido – um fenômeno que a Intel Corporation batizou de forma bem humorada como “Síndrome da Ampulheta”.

 

         Ao mesmo tempo em que não é uma síndrome real ou um problema médico, a Síndrome da Ampulheta é um termo criado pela Intel para descrever a situação que muitos consumidores enfrentam enquanto esperam  que suas tecnologias  acompanhem a velocidade da vida.

 

         De acordo com um estudo online sobre tecnologia realizado em julho pela Harris Interative* e patrocinado pela Intel, oito entre cada dez (80%) adultos dos EUA se frustraram enquanto esperavam pela tecnologia, e cerca da metade (51%) fez algo fora do seu normal devido à frustração da espera pela tecnologia. Entre aqueles que admitiram agir de maneira inapropriada enquanto esperavam, 62% admitiram ter gritado ou praguejado em voz alta quando a tecnologia não pôde acompanhar o ritmo deles, enquanto outros bateram no mouse (29%) ou golpearam a tela ou o teclado (24%). Daqueles que agiram ou viram alguém agir de maneira inapropriada em público devido a frustrações com a tecnologia, 70% viram estranhos, 46% viram membros da família ou amigos e 33% viram colegas de trabalho agirem com frustração enquanto esperavam pela tecnologia.

 

         Você já perdeu as entradas para aquele show ou evento esportivo perfeito, ou teve que se contentar com a última fila ou o meio de um avião porque a sua tecnologia não conseguiu acompanhar o seu ritmo? A pesquisa revelou que além do aumento do stress e da frustração, a tecnologia ultrapassada faz com que as pessoas percam algo enquanto esperam, como perder a oportunidade de participar de uma venda online (13%), ou a compra de passagens de avião, ou entradas para algum show ou evento esportivo. Soa familiar? Você pode estar experimentando a “Síndrome da Ampulheta”.

 

         “Estamos conectados o tempo todo aos nossos dispositivos”, ressaltou Margaret (Margie) Morris, psicóloga e pesquisadora de tecnologia da Intel. “Eles tornam-se uma extensão de nós mesmos e estão cada vez mais envolvidos em nossos relacionamentos com outros, em como nos expressamos e em nossos esforços para gerenciar o stress. Gostamos da liberdade de nos comunicarmos e trabalharmos em qualquer lugar e por isso dependemos da tecnologia para agir. Quando ela nos deixa na mão, o desapontamento é grande e algumas vezes afeta o sentimento que temos por nós mesmos”.

 

         Em um esforço para resolver a Síndrome da Ampulheta e reduzir a espera, a Intel lançou a nova família de processadores Intel® Core™ 2010, uma tecnologia inteligente e mais rápida graças a uma nova característica chamada Tecnologia Intel® Turbo Boost¹. Com essa nova característica, os processadores Intel Core i5 e Core i7 podem se adaptar automaticamente às necessidades de desempenho das pessoas, dando um impulso quando você precisa acelerar e economizando energia quando você não precisa – reduzindo a espera dos usuários. Os aplicativos rodam mais rápido e o seu PC responde melhor, até mesmo durante multitarefa.

 

         Ao longo dos últimos cinco anos, muita coisa mudou na maneira como usamos a tecnologia, incluindo o lançamento do YouTube* em 2006, a explosão do Facebook*que atingiu mais de 400 milhões de usuários, o conteúdo online em alta definição (HD), o grande crescimento da fotografia digital e dos sites de compartilhamento, a demanda dos consumidores por uma transmissão mais rápida e fácil de vídeos e uma melhor capacidade de edição. Os consumidores precisam de um PC que lhes ofereça a liberdade para realizar tudo isso sem que sofram da Síndrome da Ampulheta.

 

         “A Intel compreende como a tecnologia pode ser estressante”, declarou Karen Regis, diretora de Marketing de PCs para consumidores da Intel. “Estamos determinados a projetar produtos que possam melhorar a nossa qualidade de vida e reduzir nossos níveis de stress, ao invés de aumentá-los”.

 

         Além do seu compromisso para desenvolver, de forma consistente, novas atualizações para os cérebros dentro dos computadores para que eles possam atender as demandas das pessoas por estilos de vida em ritmo mais acelerado, a Intel trabalhou em conjunto com o perito em psicologia Cooper Lawrence para oferecer às pessoas novas dicas sobre como lidar melhor com o stress.

 

         “O controle do stress é muito importante”, declarou Lawrence. “Quanto mais preparado você estiver, mais fácil será controlar o seu stress. Dicas simples para lidar com o aumento do stress incluem ter uma rede de apoio, desenvolver um senso de controle e mudar as suas perspectivas”.

 

Sobre a Pesquisa

         Essa pesquisa foi realizada online dentro dos EUA pela Harris Interactive a pedido da Intel, entre os dias 27 e 29 de julho de 2010, com a participação de 2163 adultos com 18 anos ou mais. Essa pesquisa online não é baseada em amostra de probabilidade e por isso nenhum erro de amostragem teórica pôde ser calculado.

 

         A Intel, a maior fabricante de chips do mundo, também é líder na fabricação de produtos para computadores, redes e comunicações. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom.

 

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedade de seus respectivos donos.

¹ A tecnologia Intel® Turbo Boost requer um PC com processador compatível com a capacidade da Tecnologia Intel Turbo Boost. O desempenho da tecnologia Intel Turbo Boost varia de acordo com o hardware, o software e a configuração geral do sistema. Consulte o fabricante do PC para verificar se o seu sistema inclui a tecnologia Intel Turbo Boost. Para obter mais informações, consulte o fabricante da sua plataforma para saber e o seu sistema oferece a Tecnologia Intel Turbo Boost. Para mais informações, visite www.intel.com/technology/turboboost.

Intel apoia evento ‘Um estudante, um computador’ em Salvador

Encontro com pesquisadores nacionais e internacionais aborda a educação digital

Salvador – 1 de setembro de 2010 – A Intel apoia o evento ‘Um estudante, um computador’ que acontece amanhã em Salvador. O encontro, organizado pela Momento Editorial e a Universidade Federal da Bahia, aborda a educação digital com casos de sucesso nacionais e internacionais apresentados por pesquisadores.

 

Entre os palestrantes presentes no evento estarão Laura Marés Serra, do Ministério da Educação da Argentina, e José Luiz Aquino, coordenador nacional do programa UCA (Um Computador por Aluno) do governo federal.

A educação é um dos principal focos dos programas de responsabilidade social da Intel no país. A empresa inclusive conta com programas de capacitação para professores com a finalidade de orientá-los para o uso da tecnologia como ferramenta para modernizar o processo de ensino e aprendizagem.

 

“A tecnologia é uma ferramenta essencial no desenvolvimento das habilidades do século XXI, tais como a análise crítica, criatividade e inovação, além de comunicação e resolução de problemas”, explica Fábio Tagnin, diretor do programa Intel World Ahead. “A educação é um ingrediente essencial para o desenvolvimento do país e para melhorar a sua competitividade na nova economia e sociedade do conhecimento” completa Tagnin.

 

Serviço

Local: Bahia Othon Place – Avenida Oceânica, 2294 - Bairro Ondina, Salvador – BA

Horário: das 8h30 às 14h

Entrada gratuita

 

Sobre Intel World Ahead

O Programa Intel World Ahead é uma iniciativa abrangente que visa otimizar a vida das pessoas ao agilizar o acesso à tecnologia descomprometida para todos, em qualquer lugar do mundo por meio da acessibilidade, conectividade e educação. Para isso, a Intel trabalha em parceria com governos, indústria, pessoas físicas e empresas em diversos esforços. Ao trabalhar em 112 países e mais de 1.300 cidades no mundo todo, a empresa consegue responder de modo eficiente às necessidades únicas das pessoas ao redor do globo.

 

Apenas ao longo da última década, a Intel investiu mais de USD 1 bilhão e seus funcionários doaram mais de 2,5 milhões de horas de trabalho voluntário para melhorar a educação em 50 países.

 

Para aprender mais sobre a Iniciativa de Educação da Intel, visite www.intel.com/education e o blog de RSC da Intel em blogs.intel.com/csr. Para se unir à comunidade da Intel de pessoas que compartilham suas histórias com a esperança de se tornarem um catalisador para a ação e uma voz para a mudança na educação global, visite www.inspiredbyeducation.com.

 

Sobre a Intel

A Intel, maior fabricante mundial de chips, também é líder na fabricação de produtos para computadores, redes e comunicações. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em www.intel.com/pressroom.

Intel e o logo da Intel são marcas registradas da Intel Corporation nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes são propriedade de outros.

Filter News Archive

By date:
By tag: