Currently Being Moderated

Intel anuncia esforço conjunto ao Google* e detalhes da inovação para Ultrabooks™ de baixo consumo


NOTÍCIAS EM DESTAQUE

  • Intel e Google otimizarão futuros lançamentos da plataforma Android™ para a família de processadores de baixo consumo Intel Atom™.
  • O CEO revelou como os avanços na tecnologia de silício e engenharia de plataforma reduzirá o consumo da plataforma em estado inativo para o chip “Haswell” em 2013, reduzindo-o em mais de 20 vezes em relação aos atuais designs de plataforma.

INTEL DEVELOPER FORUM, San Francisco, Califórnia, 13 de setembro de 2011 – A Intel Corporation anunciou hoje um novo esforço com o Google* que busca acelerar os negócios da Intel no segmento de smartphones.

 

         A empresa também revelou que os engenheiros da Intel estão trabalhando em uma nova classe de gestão de consumo de plataforma para Ultrabooks™ que ajudará a fornecer uma computação sempre conectada.

 

         O Presidente e CEO da Intel, Paul Otellini, fez os anúncios durante a abertura do Intel Developer Forum.

 

         “A computação está em um estado constante de evolução”, declarou Otellini, descrevendo as oportunidades e desafios enfrentados pela Intel e a indústria. “A demanda sem precedentes para a computação, desde dispositivos de acesso até a computação emnuvem, está criando oportunidades significativas para a indústria. A Intel está inovando e trabalhando com nossos parceiros para oferecer experiências computacionais mais móveis, seguras e perfeitas. Estou empolgado com as novas experiências que serão criadas para uma ampla gama de dispositivos e estamos apenas começando”.

 

Crescimento em novos segmentos de mercado


Atendendo um dos principais objetivos corporativos para o crescimento dos negócios da Intel em segmentos de mercado adjacentes à computação, Otellini comentou sobre os recentes esforços da empresa para acelerar seus negócios no segmento de smartphones e demonstrou um design de referência baseado no processador Intel® Atom™ e rodando a plataforma Android™.

Otellini apresentou também Andy Rubin, vice-presidente sênior de mobilidade do Google*. Os dois executivos delinearam os planos para habilitar e otimizar futuros lançamentos da plataforma Android™ para a família de processadores de baixo consumo Intel Atom™. O esforço conjunto foi projetado para acelerar o tempo para o lançamento no mercado dos smartphones baseados na tecnologia da Intel rodando a plataforma Android.

 

“A nossa colaboração com o Google trará novas e poderosas capacidades ao mercado a fim de ajudar a acelerar a inovação, a adoção e as opções da indústria”, declarou Otellini. “Estou empolgado com as possibilidades dessa colaboração. Ela permitirá que nossos clientes levem novos e empolgantes produtos e experiências de usuários ao mercado que explorem o potencial combinado da arquitetura Intel e da plataforma Android”.

O anúncio de hoje aproveita as recentes iniciativas conjuntas das duas empresas para habilitar a arquitetura Intel nos produtos do Google. As iniciativas conjuntas incluem o SO Chrome, Google TV , o Kit para Desenvolvimento de Software (SDK) e o Kit para Desenvolvimento Nativo (NDK) para Android .

 

Ampliando os limites do baixo consumo para Ultrabooks™ e além


         Otellini previu que os sistemas Ultrabook fornecerão a experiência computacional mais completa e satisfatória. A empresa está trabalhando com os parceiros da indústria para oferecer produtos com preços convencionais a partir deste final de ano para essa nova categoria de dispositivos de acompanhamento mais leves e finos.

 

          O CEO da Intel disse que os engenheiros da empresa acelerarão ainda mais a inovação do Ultrabook com a tecnologia “Ivy Bridge” de 22nm da Intel no começo do próximo ano com a ajuda dos revolucionários transistores3-D Tri-gate da empresa.

         Ele destacou o amplo trabalho de habilitação entre Intel e Microsoft e apontou as oportunidades futuras que o Windows 8 apresentará para tablets, dispositivos híbridos e novos formatos como os Ultrabooks™.

 

         Otellini também descreveu a nova classe de gestão de consumo de energia da plataforma que está em desenvolvimento para os produtos “Haswell” 2013 para Ultrabooks. Os avanços na tecnologia de silício e na engenharia de plataforma deverão reduzir o consumo da plataforma em estado inativo em até 20 vezes em relação aos designs atuais, sem comprometer o desempenho. Otellini espera que essa mudança de projeto, juntamente com a colaboração da indústria, possibilite que os Ultrabooks permaneçam mais de 10 dias conectado em standby com uma única carga da bateria até 2013. Os avanços ajudarão a fornecer computação sempre ligada e sempre conectada, onde os Ultrabooks ficam conectados em modo standby, mantendo o e-mail, as redes sociais e o conteúdo digital atualizados.

 

         Olhando ainda mais para o futuro, Otellini previu que a inovação no consumo da plataforma alcançará níveis difíceis de serem imaginados atualmente. Os pesquisadores da Intel criaram um chip que poderia permitir que um computador seja ligado em uma célula solar do tamanho de um selo postal. Conhecido como “Núcleo de Voltagem Perto do Limiar”, esse chip de pesquisa da Arquitetura Intel estende os limites da tecnologia do transistor para personalizar o uso de energia para níveis extremamente baixos.

 

Protegendo o próximo bilhão de dispositivos computacionais

         Otellini recebeu no palco Candace Worley, vice-presidente sênior e gerente geral de segurança de endpoints da McAfee. Ela descreveu como a Intel e a McAfee têm trabalhado juntas em diversos hardwares inovadores assistidos por soluções de software para segurança.

 

         Os dois executivos reforçaram a crescente necessidade por investimentos e inovação contínuos, já que bilhões de novos dispositivos computacionais deverão se conectar a Internet e uns com os outros.

 

         Worley apresentou a nova tecnologia de plataforma Deep SAFE da McAfee que trabalha com capacidades de hardware encontradas nos processadores Intel Core i3, i5 e i7. A tecnologia Deep SAFE fornece novos níveis de segurança e um ponto de vista diferente ao operar abaixo do sistema operacional. Essa tecnologia será lançada como um produto da McAfee para empresas ainda nesse ano.

 

         Otellini anuncio que a Intel está trabalhando com a McAfee em um plano de soluções de segurança que se estende por todo o espectro da computação, de dispositivos embarcados à nuvem.

 

Experiências perfeitas, consistentes e interoperáveis


         À medida que a computação continua a evoluir, Otellini enfatizou a necessidade por experiências perfeitas, consistentes e interoperáveis em uma variedade de dispositivos computacionais. Para dar suporte a essa visão, a Intel já está criando capacidades em diversos dispositivos, incluindo Ultrabooks e computadores Tudo em Um. Otellini demonstrou inúmeras novas capacidades que estarão disponíveis em sistemas da Acer*, Lenovo* e Toshiba* nessa temporada de final de ano.

         Mais informações sobre os produtos e tecnologias demonstradas no discurso, estão disponíveis em www.intel.com/newsroom/idf.

 

Sobre a INTEL

A Intel (NASDAQ: INTC) é líder mundial em inovação. A empresa projeta e fabrica as tecnologias essenciais que servem como base para os dispositivos computacionais de todo o mundo. Mais informações sobre a Intel estão disponíveis em http://newsroom.intel.com/community/pt_br.

Siga a Intel no Twitter: www.twitter.com/intelbrasil

Intel, Intel Core, Atom, o logo da Intel e Ultrabook são marcas registradas da Intel Corporation ou de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países.

* Outros nomes e marcas são propriedades de outros. Android é marca registrada da Google Inc.

Comments

Filter News Archive

By date:
By tag: